Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Pimel em Alcácer do Sal começa hoje


Mostrar o que Alcácer tem de melhor... com protestos à mistura

A vigésima segunda edição da Feira do Turismo e das Atividades Económicas de Alcácer do Sal, que se realiza entre hoje e  25 de junho, vai ter faixas negras com a lei dos compromissos dispostas como forma de protesto do município alcacerense. A feira abre as portas oficialmente às 19 horas. Este ano, entre as novidades, destaque para a animação de rua a cargo de jovens da Escola Secundária de Alcácer do Sal, a Maratona Fotográfica “Olhares sobre Alcácer”, várias demonstrações desportivas, um espaço dedicado à saúde e outro de “Livros na feira”, com venda de obras a preços reduzidos, ateliers, consulta de periódicos e atividades com escritores. Na música há Miguel Gameiro e Emanuel para ver e ouvir.


Emanuel atua no último dia da Pimel 
Pedro Paredes, presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, afirma que a população vai poder “atirar tomates contra as faixas negras como sinal de revolta para com as medidas que o Governo está a tomar que prejudicam o concelho duma forma bastante violenta”.
 “No ano de 2012, a Pimel vai ter o caráter de protesto político porque os tempos assim o pedem”, entende Pedro Paredes, acrescentando que a ação não pretende ser violenta mas “radical”. Com o tema principal da Pimel a referir-se ao “melhor de Alcácer do Sal”, o autarca revela o desejo e a necessidade que o concelho tem para a “promoção de bons negócios durante o certame como em todas as outras edições”“Muitas das lojas fecham durante os dias das festividades para rumarem à feira e aí realizarem os seus negócios”, prossegue.
Em tempos de frágil conjuntura financeira, a realização duma feira que tenha como objetivo a proliferação de comércio e, principalmente, “daquilo que é o melhor que Alcácer do Sal tem para apresentar”, Pedro Paredes regozija com o facto de “os stands reservados para as atividades económicas já estarem esgotados”“As expetativas não podiam ser melhores devido ao que envolve a Pimel e que significa para a população”, admite o edil alcacerense.

Miguel Gameiro, Irmãos Verdade e Emanuel como cabeças de cartaz
O dia do concelho, 24 de junho, coincide com o calendário das festividades da Pimel, onde a autarquia vai atribuir homenagear os cidadãos do concelho com medalhas de mérito municipal, de forma a “enfatizar o papel que muitas pessoas têm na elevação do nome do concelho a outros patamares da vida pública”“Os munícipes que vão receber as medalhas são aqueles que se destacam nas mais variadas vertentes da sociedade”, afirma Pedro Paredes, que os considera “heróis do concelho”.
No campo da animação musical destinada aos mais jovens alcacerenses, o presidente da autarquia alcacerense refere ter optado por artistas portugueses devido “não só à poupança financeira”, mas também “à necessidade de valorizar aquilo que é português”. Os artistas cabeça de cartaz são os Irmãos Verdades no sábado, dia 23, Miguel Gameiro no domingo e Emanuel, encarregado de encerrar o certame na segunda-feira, dia 25.
Na música realce ainda para um tributo a Pink Floyd (Eclips Remember Pink Floyd), no primeiro dia da feira (22h30) e para DJs que vão animar as madrugadas de sexta, sábado, e domingo, na Praça das Tasquinhas.
Grandes atrações são sempre os deliciosos petiscos que se podem provar nas 20 tasquinhas e os doces, com destaque para os de origem conventual, que fazem as delícias nos 9 stands ocupados por doceiros. Depois há mais 66 stands onde tanto se podem encontrar produtos diversos, como uma mostra do trabalho desenvolvido pelas associações e coletividades do concelho ao longo do último ano.



Paulo Jorge Oliveira

0 comentários:

Publicar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010