Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Lisboa só estará limpa na quinta-feira


Greve na recolha de lixo... deixou capital no caos

A recolha do lixo em Lisboa só estará normalizada na quinta-feira, disse o vereador do Espaço Público, depois de uma semana de greve dos motoristas e cantoneiros ter deixado as ruas da capital com muito lixo acumulado. Mas o sindicato já  disse que se nada for alterado... as greves podem voltar.

Lixo ainda se amontoa pela cidade depois da greve dos trabalhadores 

Os sacos do lixo invadiram os passeios de Lisboa. Assim como o mau cheiro. Tudo consequências da greve parcial dos trabalhadores da recolha do lixo, convocada pelo Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local e pelo Sindicato dos Trabalhadores do Município de Lisboa, que começou no dia 12 e terminou apenas na madrugada de domingo para segunda-feira.
Por quase todas as freguesias lisboetas os caixotes do lixo estão cheios até cima e a situação já se tornou uma questão de saúde pública, sobretudo na zona histórica, onde os Santos Populares agravaram a situação e onde, reconhece a Câmara Municipal, a reciclagem não está a ser feita.
O lixo amontoa-se indiscriminadamente à porta de jardins-de-infância, restaurantes, prédios de habitação, perto de esplanadas e centros de saúde.
Os sacos têm sido recolhidos nalgumas zonas de Lisboa, especialmente naqueles onde passam mais turistas, numa espécie de lavagem de cara que não chega a todo o lado.

Situação regularizada na quinta-feira
"A situação só vai estar normalizada na quinta-feira", disse José Sá Fernandes à agência Lusa. O vereador depois de várias queixas de cidadãos de que as ruas da capital continuam hoje "cheias de lixo", apesar de a greve parcial ter terminado na madrugada de segunda-feira.
Em resposta, José Sá Fernandes disse que é precisamente por causa da quantidade de lixo acumulada numa semana que a cidade demora a ficar limpa.
Várias pessoas queixaram-se também de que a reciclagem do lixo não está a ser respeitada, o que o vereador confirmou.
"Só em algumas zonas é que estamos a fazer isso. Onde é possível levarmos dois carros a reciclagem é feita", disse. Segundo o autarca, a prioridade é "recolher agora todo o lixo" e, se se fosse fazer a reciclagem em toda a cidade, o lixo "ficava ainda mais acumulado".

Ameaça de mais greve...
Apesar de, na quinta-feira, já se poder respirar com normalidade, os sindicatos já deixaram um alerta: as reivindicações que levaram a esta greve, nomeadamente o pagamento de ajudas de custo e subsídio noturno sobre as horas extraordinárias, não foram integralmente cumpridas pelo município, pelo que nova greve parcial pode vir a ser uma realidade a breve prazo.

Paulo Jorge Oliveira 

0 comentários:

Publicar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010