Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

52 pessoas morreram em acidentes no Distrito este ano

Setúbal é o segundo distrito do País com mais mortes nas estradas

Segundo dados da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, o distrito de Setúbal registou 52 vítimas mortais em 2017, sendo apenas suplantado pelo distrito do Porto, onde se contabilizaram mais 12. Os acidentes nas estradas portuguesas provocaram, este ano, 460 vítimas mortais, mais 53 do que em igual período de 2016. Os números são da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, que reúne dados da PSP e da GNR. Segundo este organismo, o número de vítimas mortais aumentou 13 por cento entre Janeiro e Novembro em relação a igual período do ano passado. Os distritos com mais vítimas mortais são o Porto (64), seguido de Setúbal (52), Lisboa (46) e Santarém (42), refere a Segurança Rodoviária.
Ano trágico já matou 52 nas estradas do distrito de Setúbal 

Setúbal foi o segundo distrito do País a registar este ano maior número de vítimas mortais, na sequência de acidentes rodoviários, de acordo com os dados avançados esta segunda-feira pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária. No total, entre Janeiro e Novembro, registaram-se 52 vítimas mortais no distrito sadino – número apenas suplantado no distrito do Porto, onde foram registados 64 mortos.
Os acidentes nas estradas portuguesas provocaram este ano 460 mortos, mais 53 do que em igual período de 2016. Segundo a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, que reúne dados da PSP e da GNR, entre 1 de Janeiro e 30 de Novembro, registaram-se 118 mil 242 acidentes rodoviários, mais 1902 do que em igual período de 2016, quando ocorreram 116 mil 340. O número de vítimas mortais aumentou 13 por cento entre Janeiro e Novembro em relação a igual período do ano passado.
Os distritos com mais vítimas mortais são o Porto (64), seguido de Setúbal (52), Lisboa (46) e Santarém (42), aponta a Segurança Rodoviária. Já os distritos que registaram menos mortos este ano são Portalegre (9) e Bragança (10).
Os feridos ligeiros também aumentaram ligeiramente este ano, registando-se, entre Janeiro e Novembro, 1978, contra os 1.930 que ano passado sofreram ferimentos graves.
De acordo com a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, os acidentes rodoviários provocaram ainda 40 mil 168 feridos ligeiros este ano, enquanto em 2016 o número situava-se nos 38 mil 204.
Os dados da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária dizem respeito às vítimas mortais cujo óbito foi declarado no local do acidente ou a caminho do hospital.

Agência de Notícias com Lusa 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010