Dá um Gosto ao ADN

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Almada premeia autora de literatura juvenil

Ana Luísa Pais vence Prémio Literário Maria Rosa Colaço

A obra juvenil original "Socorro sou uma adolescente", de Ana Luísa Pais, venceu a 11.ª edição do Prémio Maria Rosa Colaço, em Almada, dedicada à literatura juvenil. O galardão foi atribuído pelo presidente da Câmara de Almada.  A autora premiada recebeu um prémio no valor de cinco mil euros.
Ana Luísa País ganha prémio das mãos de Joaquim Judas

A obra Socorro sou uma Adolescente "é um diário de uma adolescente que começa por relatar, com muita graça, o seu primeiro amor aos oito anos pelo professor de educação física substituto, que a deslumbra quando aparece na escola. Segue-se a apresentação da família, a descoberta de novos amores e amizades, os problemas na relação com os pais, a ligação ao avô e o terrível desgosto que representou a sua perda", descreve o júri que distinguiu a jovem escritora.
Em 2016, integraram a competição 67 obras originais avaliadas por José Correia Tavares, em representação da Associação Portuguesa de Escritores, Ana Maria Magalhães, em representação da Câmara Municipal de Almada, e Andreia Brites, em representação da Seção Portuguesa do Conselho Internacional sobre Literatura para os Jovens – IBBY (Internacional Board for Young People).
Organizado pela Câmara Municipal de Almada, desde 2005, o Prémio Literário Maria Rosa Colaço pretende homenagear a ilustre escritora e incentivar a criatividade literária de autores portugueses, nos domínios da Literatura Infantil ou Literatura Juvenil.

Agência de Notícias 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010