Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 30 de outubro de 2019

Detido por maus-tratos a animais no Barreiro

GNR encontrou o suspeito na posse de armas proibidas e um o cadáver de um animal de companhia

O Comando Territorial de Setúbal, através do Posto Territorial de Santo António da Charneca, deteve um homem, de 48 anos, por posse de arma proibida e por maus-tratos a animais, na localidade de Vila Chã, no concelho do Barreiro, informaram as autoridades, num comunicado enviado às redações. A GNR encontrou o cadáver de um gato baleado e apreendeu quatro espingardas de pressão de ar, uma pistola de alarme e uma mira telescópica do suspeito.
GNR continua atenta aos maus tratos de animais 

Na origem da detenção esteve uma denúncia por maus-tratos a animais. Quando os militares chegaram ao local, deparara-se com o cadáver de um gato, num terreno baldio, e um médico Veterinário Municipal do Barreiro constatou que o óbito terá ocorrido em sequência de maus-tratos. A investigação contou ainda com elementos do Núcleo de Protecção Ambiental do Montijo.
Ao que tudo indica o gato foi baleado. No entanto, o cadáver ainda se encontra a ser analisado para serem apuradas as circunstâncias da morte.
A GNR acabou por apreender quatro espingardas de pressão de ar, uma pistola de alarme, munições e uma mira telescópica do suspeito.
O homem foi constituído arguido, estando neste momento a ser presente ao Tribunal Judicial do Barreiro, para aplicação de medidas de coação. 

Distrito de Setúbal com  mais queixas por maus-tratos a animais
As denúncias recebidas pelas autoridades policiais relativas a maus-tratos e abandono de animais de companhia aumentaram em 2018 face ao ano anterior. Deste ano ainda são conhecidos os números das denúncias.
De acordo com dados fornecidos pela GNR e PSP, foram registadas 2054 queixas, mais 38 de que em 2017. O aumento dos números globais refletiu-se essencialmente na área de jurisdição da GNR, já que a PSP registou uma diminuição do número de inquéritos crime, passando dos 1091 para os 1052.
O comando da GNR de Setúbal é o que mais recebe denúncias relativas aos crimes de maus-tratos e abandono de animais em todo o país. De acordo com dados fornecidos pela GNR, só no ano passado, em comparação com outros comandos territoriais, Setúbal (236) recebeu mais denúncias que Faro (81), Lisboa (73) e Braga (71) juntos, o segundo, terceiro e quarto comandos onde mais queixas chegaram.
"Estas denúncias são recebidas não só através da Linha SOS Ambiente e Território da GNR, mas também pelos postos territoriais, bem como através das situações detetadas diretamente pelos militares da Guarda, no âmbito das ações de patrulhamento e fiscalização", avança fonte oficial da GNR.

Agência de Notícias 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010