Dá um Gosto ao ADN

terça-feira, 3 de julho de 2018

Praia da Figuerinha hasteia bandeira azul

Autarquia sadina garante qualidade e investimento na zona balnear 

A Bandeira Azul foi hasteada a 2 de Julho na Praia da Figueirinha, na Serra da Arrábida, numa cerimónia simbólica que incluiu ainda o hastear da Bandeira de Praia Acessível. Numa manhã em que o sol teimou em não aparecer, a praia, ainda assim, encontrava-se cheia de banhistas, essencialmente crianças provenientes de diversas instituições de ensino “não só do concelho de Setúbal, mas também de toda a Área Metropolitana de Lisboa”, sublinha a presidente da Câmara de Setúbal, Maria das Dores Meira. A autarca, o vereador Manuel Pisco, o capitão de porto de Setúbal, Luís Lavrador, e o técnico de segurança da empresa TST, José Perleques, içaram as bandeiras Azul e de Praia Acessível, além das bandeiras do município e da transportadora, perto de um painel que contém todas as informações necessárias para os utentes terem um verão em segurança.
Bandeira Azul hasteada na Figueirinha há 10 anos 

É o décimo ano consecutivo que a Figueirinha ostenta a Bandeira Azul, o que demonstra que “todos os anos se renova o interesse e a preocupação por parte do município em relação às pessoas que frequentam a praia”, de modo a que possam usufruir nas melhores condições desta zona balnear setubalense.
“Mais uma vez cumprimos e vamos continuar a cumprir, pois temos sempre como principal preocupação o bem-estar das pessoas. Temos realizado um grande investimento para proporcionar as melhores condições a nível ambiental, turístico e de lazer e temos muito orgulho no trabalho desenvolvido”.
A Bandeira Azul é atribuída anualmente mediante a avaliação dos critérios “informação e educação ambiental”, “qualidade da água”, “gestão ambiental e equipamentos” e “segurança e serviços”.
Implementada à escala europeia em 1987, por iniciativa da Fundação para a Educação Ambiental, com o apoio da Comissão Europeia, a Bandeira Azul está presente em Portugal praticamente desde o início da sua fundação.
Em 2018 o programa Bandeira Azul é dedicado ao tema “O Mar que Respiramos”, tendo em conta os dados científicos que revelam que 50 por cento do dióxido de carbono lançado na atmosfera é absorvido pelos oceanos e que 70 por cento do oxigénio do planeta é produzido pelo plâncton marinho.
Para trabalhar esta temática, é desenvolvido em todo o país um total de 864 atividades de educação ambiental – 784 em praias, 73 em marinas e sete em embarcações – ao longo da época balnear.
O programa da Bandeira Azul em Setúbal, a decorrer até ao final da época balnear, inclui, a 11 de Julho, ao longo do dia, a ação de sensibilização ambiental “Os suspeitos do costume”, na Praia de Albarquel. Segue-se, a 18, a ação de limpeza “Caça às Beatas”, na Praia da Figueirinha.
As exposições “Arrábida Lugar Sagrado” e “O Mar que Respiramos”, ambas patentes na Praia da Figueirinha, e o concurso de fotografia “Fotografias que partilhamos”, são outras ações contempladas no programa de sensibilização ambiental Bandeira Azul 2018, em Setúbal.
Quanto à bandeira de Praia Acessível, também hasteada no dia 2, atesta as condições oferecidas pela Figueirinha para receber pessoas com mobilidade reduzida.

Agência de Notícias com Câmara de Setúbal 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010