Dá um Gosto ao ADN

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

600 crianças com “O Natal do Pai Natal” em Alcochete

"Podemos explicar às crianças que o Pai Natal é aquilo que nós quisermos"

De 25 de Novembro a 17 de Dezembro, a Biblioteca de Alcochete recebeu 672 crianças do pré-escolar e 1.º Ciclo para participarem na atividade “O Natal do Pai Natal” que decorreu no espaço da exposição de pais natais de Ana Pérola. Esta atividade inspirou-se na obra “Ninguém dá prendas ao Pai Natal”, de Ana Saldanha (texto) e Madalena Matoso (ilustração), um livro recomendado pelo Plano Nacional de Leitura, e teve como objetivos gerais promover o contato direto da criança com o livro, criar na criança o gosto pela leitura através da audição, estimular o raciocínio, a atenção e a expressão da linguagem oral, incentivar a visita à exposição e assinalar o Natal na Biblioteca de Alcochete.
Magia do Pai Natal andou à solta na Biblioteca de Alcochete 

O Natal, os valores e os afetos e a intertextualidade foram as temáticas da atividade que incluiu a leitura encenada da história com intervenção de várias personagens dos contos de fadas, das fábulas e das histórias tradicionais. Neste caso, o Pai Natal recebeu vários presentes trazidos por diversas personagens, desde o capuchino vermelho, ao João Ratão, e à astuta raposa.
A visita guiada à exposição contou com a colaboração de Ana Pérola, que tem uma coleção de dois mil pais natais. “Nesta exposição temos uma partilha da minha coleção, a outra parte está no Espaço Zambujal em Sesimbra e outros pais natais nem sequer saíram do sótão”, disse. “Esta ideia surgiu quando o meu filho nasceu porque em criança não tinha Pai Natal e pensei que seria uma boa ideia fazer uma coleção de pais natais”, acrescentou.
Para Ana Pérola, a exposição “Oh! Oh! Oh! Não há duas sem três e já chegou o Pai Natal (outra vez)” contribui para divulgar o espírito de Natal nas crianças que, na sua maioria, já não acreditam naquela figura. “Podemos explicar às crianças que o Pai Natal é aquilo que nós quisermos: pode ser um amigo, a mãe, o pai, a vizinha mas também pode ser esta figura que está aqui representada”, afirma.
“Este ano tenho participado bastante nas animações e estou muito grata à Biblioteca de Alcochete por me ter convidado. Para mim é o completar desta partilha e virei sempre que a Biblioteca quiser e eu tenha disponibilidade”, sublinhou.
A exposição pode ser visitada até 8 de Janeiro na sala multiusos da Biblioteca de Alcochete.

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010