Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Rastreio alerta em Dia da Diabetes em Setúbal

Doença afeta mais de 13 por cento da população portuguesa

Rastreios à glicemia e esclarecimentos sobre a prevenção da diabetes foram proporcionados à população na manhã de terça-feira, no Mercado do Livramento, em Setúbal, numa ação que envolveu cerca de uma centena de pessoas. Na placa central do mercado, Carla Martins e Sara Almeida, técnicas da farmácia Monte Belo, não tiveram mãos a medir toda a manhã para atender as pessoas que, quer por curiosidade, quer porque têm a doença ou porque já tiveram algum indício de que podem vir a tê-la, decidiram fazer o rastreio da diabetes. Entre dez a doze portugueses morrem a cada dia, em média, por diabetes, uma doença que afeta mais de um milhão de pessoas em Portugal, segundo um relatório nacional divulgado esta terça-feira.
Diabetes com rastreio no Mercado do Livramento 

A iniciativa, de participação gratuita, organizada no Dia Mundial da Diabetes pela Câmara Municipal de Setúbal, com a colaboração da Farmácia Monte Belo, do Agrupamento de Centros de Saúde da Arrábida e da Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis, decorreu das nove ao meio-dia,  com o objetivo de sensibilizar a população para a importância do diagnóstico precoce da diabetes.
Edwin Martins, 61 anos, estava a fazer compras no mercado quando se apercebeu da iniciativa. Como tem diabetes, “mas com valores não muito altos”, ressalva, resolveu fazer o teste.
“Abusei um pouco no São Martinho e a minha mulher estava preocupada e a dizer-me para eu ir à farmácia fazer o teste. Assim, aproveitei e fiz aqui e estou satisfeito, pois o valor da glicemia não está muito alto”.
Sara Almeida pergunta se Edwin se encontra em jejum. Como não está, a farmacêutica explica que os valores de referência normais da glicemia podem variar entre 70 mg e 140 mg. Se estivesse em jejum, o limite máximo seria de 110.
“O meu valor é 138, mas não estou em jejum, por isso é aceitável para um pré-diabético como eu”, refere Edwin.
Sara Almeida aproveita para dar alguns conselhos sobre prevenção e hábitos saudáveis e entregar folhetos, que o munícipe promete “ler em casa”.
Já Fernando Duarte, 64 anos, nunca teve problemas de diabetes, mas, por curiosidade e porque tem familiares que sofrem da doença, resolveu fazer o teste.
“Esta iniciativa é excelente, muito útil para chamar a atenção das pessoas para esta doença e para a importância da prevenção. Pelo menos, chamou a minha atenção, pois esqueço-me muitas vezes de fazer análises e agora vou começar a pensar melhor nestas questões.”

"É importante que as pessoas façam o rastreio"
O teste de Fernando revela um valor abaixo do limite mínimo, pelo que é aconselhado por Sara Almeida a não ficar muitas horas sem comer. “Comeu às sete e são quase 11 horas, por isso está na hora de comer alguma coisa. É importante também não deixar o valor baixar muito”, explica a técnica.
Linda Vieira, 58 anos, já sabia que o rastreio estaria disponível para a população toda a manhã e foi ao mercado com o propósito de o fazer, porque a mãe sofre de diabetes e costuma fazer o teste regularmente na farmácia.
“É importante que as pessoas façam o rastreio para um diagnóstico precoce da doença. Por isso, esta iniciativa tem muito valor”, sublinha.
Ao ouvir os conselhos sobre hábitos de vida saudáveis garante que pratica exercício físico, evita os fritos e nunca bebe álcool.
A farmacêutica Carla Martins está satisfeita com os resultados do rastreio, pois, além de a iniciativa ter registado uma boa adesão, “os valores obtidos foram na maioria normais”.
Um dado curioso mostra ainda que houve mais homens a fazer o teste de glicemia esta manhã no Mercado do Livramento, mas foram também eles que registaram os valores mais elevados.
“Quando detetamos valores de referência acima do normal, aconselhamos as pessoas a irem ao centro de saúde para solicitarem uma consulta com o médico de família e realizarem análises”, explica Carla Martins.
Paralelamente ao rastreio, no mesmo horário, no auditório do Ninho de Novas Iniciativas Empresariais de Setúbal, localizado no primeiro piso do mercado, uma equipa de enfermeiros da Unidade de Cuidados na Comunidade Península Azul promoveu ações de sensibilização sobre a importância da alimentação saudável e da atividade física na prevenção da doença.
No mesmo local, foi possível visionar um filme sobre fatores de risco, sinais e sintomas da doença e importância do rastreio precoce.

EB da Bela Vista promove hábitos de alimentação salutarHábitos e comportamentos a adotar para um estilo de vida salutar foram partilhados no dia 14 à tarde, de forma lúdica e pedagógica, com oito dezenas de crianças da EB da Bela Vista, em Setúbal, no âmbito do Dia Mundial da Diabetes. A iniciativa, enquadrada no projeto Saúde no Bairro do programa municipal Nosso Bairro, Nossa Cidade, levou à escola e, sobretudo, aos mais novos, conselhos para crescer de forma mais saudável e com menos riscos da doença diabetes.
Duas enfermeiras do Agrupamento de Centros de Saúde Arrábida, uma das entidades parceiras da autarquia na dinamização deste projeto, levaram a quatro turmas do terceiro e do quarto anos do ensino básico uma história animada de promoção de hábitos de alimentação salutar.
A alimentação saudável foi também divulgada entre os mais novos num lanche saudável oferecido pela Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Setúbal, outra das entidades parceiras do Saúde do Bairro, que conta igualmente com o envolvimento do Instituto Politécnico de Setúbal e de uma comissão de moradores.
Além de uma alimentação equilibrada e salutar, o exercício físico é outro dos imperativos com vista a minimizar o risco de diabetes e, por isso, o pátio interior da EB da Bela Vista foi palco de um conjunto de atividades desportivas que, de forma lúdica, pôs as crianças a pular e a correr.
O Dia Mundial da Diabetes, assinalado dia 14, foi pretexto para mais uma iniciativa do Saúde no Bairro, projeto que leva, em proximidade, mais saúde à população do território abrangidos pelo Nosso Bairro, Nossa Cidade, concretamente Bela Vista, Alameda das Palmeiras, Forte da Bela Vista, Quinta de Santo António e Manteigadas.
O programa, que assenta na premissa de que toda a ação deve ser protagonizada pelos próprios moradores, ou seja, geradora da participação das pessoas nas decisões que a elas e à sua comunidade dizem respeito, é dinamizado pela autarquia com a comunidade local e com a Junta de Freguesia de S. Sebastião.

Diabetes mata mais de 10 portugueses por dia

Doença afeta mais de um milhão de  pessoas em Portugal 
Entre dez a doze portugueses morrem a cada dia, em média, por diabetes, uma doença que afeta mais de um milhão de pessoas em Portugal, segundo um relatório nacional divulgado esta terça-feira.
O documento da Direção-geral da Saúde (DGS), divulgado no dia em que se assinala o Dia Mundial da Diabetes, mostra que a mortalidade causada por esta doença tem vindo, ainda assim, a diminuir e que 2015 foi o ano que registou a taxa de mortalidade padronizada mais baixa, com 19,4 mortos por 100 mil habitantes.
Morrem por ano por diabetes entre 2.200 a 2.500 mulheres e cerca de 1.600 a 1.900 homens, o que significa mais de quatro por cento das mortes das mulheres e de três por cento nos homens.
A doença afeta mais de 13 por cento da população portuguesa e estima-se que 44 por cento das pessoas com diabetes esteja por diagnosticar.
Os centros de saúde realizam avaliações do risco de desenvolver diabetes, mas o Programa Nacional para a doença propõe um aumento do número de novos diagnósticos precoces.
De 2015 para 2016 o número de avaliações de risco de desenvolver diabetes teve um decréscimo, de 621 mil avaliações para menos de 619 mil.
Até 2020, a DGS pretende aumentar em 30 mil o número de novos diagnósticos através de diagnóstico precoce, diminuir a mortalidade prematura por diabetes em cinco por cento e diminuir o desenvolvimento de diabetes em 30 mil utentes de risco.
Em termos regionais, a diabetes apresenta maior prevalência no Alentejo e na região autónoma dos Açores, sendo o Algarve a região com menor prevalência.

Agência de Notícias com Câmara de Setúbal 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010