Dá um Gosto ao ADN

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Brigada do Mar retira lixo das Salinas do Samouco

Jovens sensibilizados para proteger meio-ambiente 


Mais de mil quilos de lixo foram retirados na linha de estuário abrangida pela Fundação das Salinas do Samouco, numa ação promovida pela Brigada do Mar, na qual participaram cerca de 40 alunos da escola secundária de Benfica, José Gomes Ferreira, em Lisboa. A Câmara de Alcochete assegurou os sacos para a recolha dos resíduos que estavam depositados no local, na maioria embalagens de plástico, luvas e garrafas de vidro, assim como o transporte das embalagens para a Amarsul. A acumulação de lixo junto à praia preocupa o executivo camarário enquanto uma problemática que tem responsabilidade em diferentes entidades. “Além da ajuda na limpeza da praia estas iniciativas têm fundamentalmente um caráter pedagógico e fazem-nos perceber que a ação humana é cada vez mais prejudicial para o nosso ecossistema”, disse o vereador Pedro Lavrado.
Abrigada  do Mar tira mais de uma tonelada de lixo das salinas 

“Esta zona da praia é cada vez mais fustigada pelos mais variados tipos de lixo que, na sua grande maioria é proveniente da apanha ilegal da ameijoa. Este é um problema que urge resolver pelas diversas entidades com responsabilidades nesta matéria, e que a cada dia que passa se agrava mais”, advertiu o vereador com o pelouro do Ambiente e Espaços Verdes.
“É urgente regular esta atividade e o município já está a trabalhar num projeto de regulamento de utilização da sua orla ribeirinha, que obviamente necessitará do envolvimento de todas as entidades competentes para a sua efetiva e eficiente aplicação, mas estamos dispostos a dar o primeiro passo”, adiantou Pedro Lavrado.
Esta não foi a primeira vez que a Brigada do Mar organizou ações de limpeza no concelho de Alcochete e de sensibilização para a preservação e proteção ambiental, visando envolver e mobilizar cada vez mais pessoas para a problemática do lixo marinho que invade as zonas costeiras portuguesas.
A palestra que a Brigada do Mar promoveu na escola secundária de Benfica foi determinante para a participação dos jovens alunos.
“Vi fotografias de como estava a praia, e a rapidez com que o lixo se renovava no local e quis vir ajudar”, disse Beatriz, de 16 anos.
Gonçalo, de 17 anos, manifestou que tinha conhecimento da quantidade de lixo que chega às praias portuguesas vindo do mar mas que “não tinha ideia de que neste local, existisse esta quantidade de lixo, e estar aqui e ver no local é muito mau, há bastante lixo que vem parar às nossas praias que tem de ser retirado e reciclado”.
Luísa Dinis foi uma das professoras que participou na iniciativa e que colabora com a Brigada do Mar. “As minhas experiências anteriores na brigada mostraram-me quão necessárias são estas iniciativas e por muito que nós falemos, e por muito que se fale na comunicação social, só vendo bem o que se passa nas nossas praias é que a sensibilização é outra”, sublinhou a professora de educação física.
“Já tinha estado aqui nesta praia com a Brigada do Mar em julho deste ano e verifico que continua a haver muito lixo, as garrafas de cerveja não vêm parar aqui por acaso, as luvas não vêm parar aqui por acaso, tudo material que os mariscadores deixam”, recordou a professora.
Para o início da primavera de 2018 está prevista a realização de uma iniciativa similar numa parceria da autarquia com a Brigada do Mar em toda a orla ribeirinha do concelho, envolvendo as escolas, diferentes instituições do concelho e a comunidade local.

Agência de Notícias com Câmara de Alcochete 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010