Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

José Mourinho dá nome a avenida em Setúbal

"Special One? Deixem-se de tretas. Em Setúbal, quero continuar a ser o Zé Mário"

José Mourinho foi, esta terça-feira, homenageado pela Câmara de Setúbal, com a atribuição do nome a uma avenida na requalificada frente ribeirinha de uma cidade que elogiou pela nova dinâmica. A Avenida José Mourinho, localizada entre o Parque Urbano de Albarquel e a Rua Trabalhadores do Mar, designa a antiga Rua da Saúde e integra a lista toponímia da cidade desde Agosto de 2013, mas só agora simbolicamente inaugurada com a presença de um dos maiores treinadores do mundo. O técnico setubalense revelou que esta é uma homenagem que despoleta vários sentimentos. “É um privilégio e, simultaneamente, uma situação estranha porque Setúbal continua a ser a única cidade onde me sinto o Zé Mário, onde me tratam com simplicidade e um setubalense igual aos outros”. 
José Mourinho, ao lado da mãe, na inauguração da "sua  avenida" 



Special One, José Mourinho? Em Setúbal é apenas 'Zé Mário' como gosta de ser chamado. Mourinho tem agora uma Avenida com o seu nome, numa cidade que tanto ama. A Antiga Rua da Saúde passa a chamar-se Avenida José Mourinho.
O técnico mostrou-se "honrado" e ao mesmo tempo "embaraçado" com a homenagem que lhe foi feita, numa cerimónia conduzida, esta terça-feira, pela presidente da Câmara local Maria das Dores Meira.

"A Avenida José Mourinho...Quero esquecer o nome e quero regressar aqui sem me sentir embaraçado, quero regressar aos restaurantes que sempre fui. Honestamente é um bocadinho embaraçoso. Cresci em Setúbal com a Praça do Bocage e a Avenida Luísa Todi como os dois 'ex-libris' da cidade. Ter uma Avenida, provavelmente a mais bonita de Setúbal, com vista para mar e castelo...Uma avenida fantástica [com o meu nome] embaraça-me um bocadinho".
Mourinho confessa que gosta de regressar a Setúbal porque é um local onde se sente "o Zé" e onde o tratam com naturalidade.
“Eu digo sempre que troco homenagens por vitórias. Esta é a única que não trocava. É uma avenida fantástica, com vista para o rio Sado, e que muito me enche de orgulho de ter o meu nome”, afirmou José Mourinho na cerimónia organizada pela Câmara Municipal de Setúbal.
Setúbal é a cidade natal e também um refúgio seguro para José Mourinho.“Amo Setúbal. Aqui ninguém me chateia. Ando com a minha mulher e os meus filhos a pé. Vou comer aos restaurantes onde também ia. Encontro-me com os meus amigos nos mesmos lugares de sempre. Podem pedir uma fotografia e uma autógrafo, mas saúdam-me da mesma maneira de sempre. Setúbal é paz". 
O futuro imediato na vida de José Mourinho continua a ser o treino de futebol. “Aquilo que fiz e que tenho feito ao longo dos anos vou tentar continuar a fazer na minha profissão. É um extra para a minha essência, um setubalense puro, com todas as qualidades e também alguns defeito”. 
Em Setúbal, diz um dos melhores treinadores do mundo, "tratam-me como naturalidade. Não me chateiam como o mundo me chateia. Toda a gente me deixa na minha tranquilidade. São pessoas que me conhecem de miúdo. São pessoas que se cruzaram comigo nalgum canto, que estudaram comigo, que jogaram futebol comigo. São amigos da minha mulher. Toda a gente me conhece. Provavelmente só a criançada de hoje não me conhece como o 'Zé de Setúbal'. Para eles, eu sou mais o que eles conhecem da minha história profissional. Independentemente da minha carreira ser um prazer e uma paixão".

Uma autarca orgulhosa no filho da terra
Na cerimónia, Mourinho elogiou ainda a recente reeleição de Maria das Dores Meira para um terceiro mandato na Câmara de Setúbal. “Parabéns pela goleada já esperada. A presidente é um exemplo de que nem só os nascidos em Setúbal fazem algo de bom pela cidade. Deu uma nova dinâmica à cidade, que está cada vez melhor”.
A autarca sublinhou que a atribuição do nome de José Mourinho à avenida localizada na zona ribeirinha é “a homenagem de uma cidade e de um concelho” que perpetua um nome especial naquela que é, atualmente, “uma das mais conhecidas artérias da cidade”, localizada no requalificado corredor ribeirinho.
A frente ribeirinha da cidade, que num passado não muito distante, como salientou Maria das Dores Meira, “era uma zona desqualificada e abandonada”, conta agora com uma avenida especial na qual “flui a intensa vida de uma cidade com gentes orgulhosas da sua forte identidade e dos seus filhos diletos”.
Setúbal, destacou a presidente da autarquia, é feita daqueles que trabalham na cidade, que vivem e se sentem setubalenses, dos anónimos que fazem girar as engrenagens sadinas e do talento dos que nasceram em Setúbal e que pelo mundo fora se fizeram grandes e nunca esqueceram a terra onde nasceram e os ajudou a ser grandes.
“José Mourinho, filho de Setúbal, homem do mundo, personalidade global, é um desses setubalenses que nos enchem o coração de orgulho. Porque ele é mesmo especial. Tem um talento especial, tem especial amor pela sua terra”, vincou Maria das Dores Meira, sobre o homem que é também embaixador da cidade.
A autarca frisou que “este Mourinho global nunca suplantará, porém, o Mourinho de Setúbal, o homem que, com o mesmo empenho e orgulho, jogou no Comércio e Indústria e treina hoje o Manchester United, o homem que regressa sempre à sua terra com alegria, para respirar os ares da Arrábida e de contemplar o rio azul”.

O percurso de Mourinho
José Murinho começou a jogar no Comércio e Indústria 

José Mário dos Santos Mourinho nasce em Setúbal a 26 de Janeiro de 1963, onde completa o ensino liceal. Depois de se licenciar no antigo Instituto Superior de Educação Física, ruma à Escócia para completar o curso de treinador de futebol com Andy Roxburgh.
Dá os primeiros passos na carreira profissional com os iniciados setubalenses do Comércio e Indústria, entre 1986 e 1987, e, a seguir, com os juvenis do Vitória de Setúbal, até 1990. Seguiram-se vários cargos de treinador-adjunto, no Estrela da Amadora, no Sporting, no FC Porto e, depois, no FC Barcelona.
Em 2000 estreia-se como treinador principal, ao serviço do Benfica, seguindo-se uma passagem pela União de Leiria antes de assumir o cargo principal de treinador do FC Porto, em 2002, no qual ganha o campeonato e a Taça de Portugal, acumulando, mais tarde, a Taça UEFA e a Liga dos Campeões.
Em 2004 assume o comando do Chelsea, onde conquista vários títulos, tanto domésticos como internacionais. Depois, em 2007, nova aventura à frente do Inter de Milão, voltando a ganhar vários títulos, quer no futebol italiano, quer ao nível da UEFA, nomeadamente a Liga dos Campeões.
Entre 2010 e 2013 leva o Real Madrid à conquista da Taça do Rei, da liga e da supertaça de Espanha, rumando, novamente ao Chelsea, no qual fica três épocas e arrebata mais um campeonato inglês. Atualmente está à frente do Manchester United, depois de uma primeira época em que conquista a Liga Europa.
O treinador setubalense acumula vários prémios e distinções, de que se destacam os títulos de Bola de Ouro da FIFA, de Treinador do Ano da UEFA e o de melhor Treinador do Mundo, atribuído pela International Federation of Football History and Statistics.

Agência de Notícias com Câmara de Setúbal 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010