Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Alcochete expõe embarcações tradicionais do Tejo

Maneiras de celebrar os modos de vida de Alcochete em exposição até 22 de Outubro 

O núcleo de arte sacra do Museu Municipal de Alcochete apresenta ao público até 22 de Outubro a exposição “Embarcações tradicionais do estuário do Tejo”, inaugurada no dia 22 de Setembro no âmbito da comemoração das Jornadas Europeias do Património no concelho de Alcochete. Raquel Prazeres disse que esta exposição é uma incontornável “maneira de celebrar os modos de vida de Alcochete, a ligação tão próxima ao Tejo e às nossas embarcações que em tempos coloriram o rio” e que apesar de terem deixado de existir, permanecem “no espírito, na identidade e na forma de ser dos alcochetanos, que é preciso preservar as memórias”, sublinhou a responsável pela Cultura da autarquia ribeirinha. 
Barcos tradicionais do Tejo expostos no Núcleo de arte sacra 

Marcaram presença na inauguração da exposição o vice-presidente da autarquia, José Luís Alfélua, e a vereadora da Cultura, Raquel Prazeres, a quem coube dar as boas vindas e agradecer “em especial às pessoas que emprestaram as embarcações expostas: António Pinto, António Manso, Augusto da Conceição Barrinha Pinto Rocha, Armando Pinto, Domingos Rei, Filipe Armando Pinto Rocha, João Camarão, Maria Judite Barrinha Pinto Costa e Torcato José Pinto Rocha”.
A vereadora da Cultura salientou que esta exposição, integrada nas Jornadas Europeias do Património 2017 com o tema “Património e Natureza”, é uma incontornável “maneira de celebrar os modos de vida de Alcochete, a ligação tão próxima ao Tejo e às nossas embarcações que em tempos coloriram o rio” e que apesar de terem deixado de existir, permanecem “no espírito, na identidade e na forma de ser dos alcochetanos, que é preciso preservar as memórias”.
Botes, canoas, faluas, varinos e fragatas construídas por Domingos Rei, Filipe José Rocha, António Pinto e Fernando Verga, Armando Pinto, António Manso, Francisco Gregório, José Alemão e José Luís Garrett podem ser apreciadas numa visita ao núcleo de arte sacra. 
A exposição está aberta à terça-feira, das 14 horas às 17h30, de quarta a sexta-feira, das 10h30 às 12h30 e das 14 horas às 17h30, ao sábado, das 14 horas às 18 horas e ao domingo, das 10h30 às 12h30 e das 14 às 18 horas.

Agência de Notícias com Câmara de Alcochete 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010