Dá um Gosto ao ADN

sábado, 12 de agosto de 2017

Festas de Santo André levam tudo ao banho de São Romão

Calças e saias arregaçadas na recriação do Banho de São Romão

A recriação do Banho de São Romão promete ser, à semelhança das edições passadas, o ponto alto dos cinco dias de festa (até 15 de Agosto) na Costa de Santo André, em Santiago do Cacém. A organização é da Junta de Freguesia de Santo André, que tem na Festa de São Romão a sua maior iniciativa anual, que recebe o apoio da Câmara de Santiago do Cacém.  “No final da faina agrícola, a população juntava-se, vinham em carroças, traziam as melancias, os seus farnéis, as mantas para fazer sombra, as bestas, etc, e iam a banhos. Era um dia de festa”, explica Jaime Cáceres, presidente da Junta de Freguesia de Santo André, que assegura aos visitantes que poderão “ver algo de diferente, com as pessoas trajadas a rigor, ‘à época’. Os homens arregaçavam as calças, as mulheres as saias e molhavam as pernas. Era assim que as coisas se processavam nesse tempo”, diz o autarca. 

Banho de São Romão recupera tradições em Santiago do Cacém
A tradição vai uma vez mais ser recriada pelo Grupo de Dança Típica da Queimada – Valinho da Estrada, que nos dias 12 e 13, às 11 da manhã, vai realizar o cortejo etnográfico até à Costa de Santo André. Jaime Cáceres, presidente da Junta de Freguesia de Santo André, destaca “uma recriação cultural extraordinária, que agrada a toda a gente, desde a ida à praia, à partilha dos alimentos, ao cortejo etnográfico e à dança no areal. Os homens arregaçavam as calças e as mulheres as saiais, e iam ao banho. Este ano vamos ter mais uma vez as bestas a irem com as carroças, levando as pessoas que vinham do interior do município e dos municípios vizinhos, que vinham à Costa de Santo André no dia 9 de Agosto. Uma vez que o dia 9 calha a meio da semana, vamos fazer a festa entre os dias 11 e 15 de Agosto. Será certamente motivo de grande admiração para todos os turistas que nos visitam e até para quem é de Santo André, pessoas que se orgulham e que adoram esta recriação e tradição”.
Jaime Cáceres sublinha que o São Romão “é uma iniciativa que tem uma grande logística, em que todos os trabalhadores da Junta estão envolvidos, bem como alguns amigos e voluntários que ajudam, este ano acrescido pelo facto de serem cinco dias”.
As novidades para 2017 começam, desde logo, no panorama musical. “Este ano vamos dar um grande enfoque à música instrumental alentejana, com três grupos extraordinários: no sábado, o Grupo Coral e instrumental Costa Azul, de Grândola; no domingo, o Grupo de Música Popular Falta Um, de Melides; e na segunda, o Grupo Instrumental Os Alentejanos de Serpa, que é sobejamente conhecido em todo o Alentejo e pelo País também”. 
O presidente da Junta de Freguesia de Santo André enaltece ainda o facto de haver “bailes todos os dias, com acordeonistas de renome”, havendo uma novidade para o último dia: ”consagrámos o dia 15 de Agosto como o Dia da Rádio Cidade Nova, dia em que teremos a eleição da Miss e do Mister Praia da Costa de Santo André, entre outras novidades”. 
Destaque ainda, ao final do dia, para a atuação de um agrupamento musical de Santo André, o Tri África, “algo de diferente no São Romão, mas que se enquadra numa freguesia multicultural como Santo André, em que África está muito presente”, diz Jaime Cáceres.
A variedade gastronómica é outro dos destaques da edição deste ano, a par da já habitual quermesse e da exposição e venda de artesanato, frutas e doçarias da região. Outra novidade desta edição é a exposição fotográfica sobre a Lagoa de Santo André e a exibição dos filmes documentais “A Lagoa de Santo André” e “Segredar do Mar”, na sede da ALSAB (na antiga Escola Primária da Costa de Santo André).

Agência de Notícias com Câmara de Santiago do Cacém 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010