Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Festa da Atalaia começa esta sexta-feira

Romaria a nossa Senhora leva cinco círios e milhares de seguidores à Atalaia 

De 25 a 28 de Agosto, as Festas em Honra de Nossa Senhora da Atalaia voltam a marcar a agenda cultural no concelho do Montijo. Festividade de raízes profundas e de tradições seculares, durante quatro dias, os diversos círios e as centenas de romeiros regressam para prestar devoção à Nossa Senhora da Atalaia. O momento maior das festas é, como sempre, a procissão em honra de Nossa Senhora da Atalaia que terá lugar no domingo (27 de Agosto), pelas 18h30. Para além dos momentos religiosos, as Festas em Honra de Nossa Senhora da Atalaia prometem, como sempre, muita animação com concertos, bailaricos, largadas, a feira e outros eventos. Jorge Guerreiro (sexta-feira), Vira Milho (no Sábado), a  PopularFM  (no Domingo) e as Bombocas (no último dia de festividades), são os destaques musicais deste ano. 
Festas da Atalaia decorrem de 25 a 28 de Agosto 

As tradicionais festas em honra de Nossa Senhora da Atalaia começam esta sexta-feira, 25 de Agosto, e prolongam-se até à última segunda-feira de Agosto, com um programa bastante diversificado e “muita variedade”, como ranchos folclóricos e música popular, esperam atrair “multidões”, sendo o ponto alto a procissão, no domingo. “A população vive muito a festa, que se realiza na capela, com mais de quinhentos anos” e que leva à Atalaia círios da Carregueira e Olhos de Água [Pinhal Novo], tal como os círios da Quinta do Anjo, (Palmela), Azóia (Sesimbra) e Novo (Jardia, Montijo). Todos eles com animação cultural e muitas tradições e "promessas" distintas.
Nem a atual conjuntura económica assusta os responsáveis da Festa Grande. "Esperamos, como sempre, milhares de pessoas nestes quatro dias", disse fonte da organização.
Para o presidente da Câmara do Montijo, Nuno Canta, a Festa de Nossa Senhora da Atalaia é “uma festa do povo que honra o passado religioso desta terra, que honra as gentes da Atalaia e do Montijo e que reflete o esforço da comissão de festas, dos círios, das coletividades, da paróquia, da câmara, da junta e de outras entidades e pessoas”.
Para além dos momentos religiosos e de devoção, a Festa de Nossa Senhora da Atalaia é, também, devidamente reconhecida pela diversão dos bailes nos diversos círios e outros eventos.
O programa musical vai contar com Jorge Guerreiro, no dia 25 de Agosto, às 22h30; Vira Milho, no dia 26 de Agosto, às 23h30; a noite da rádio PopularFm [com Suzana, Bruna Tatiana, Nuno Miguel, Flor, Nelson Costa e Edgar Domingos], no dia 27 de Agosto, às 22h30; e para encerrar será a vez de Bombocas, no dia 28 de Agosto, às 22h30.
As tradições taurinas, também, marcam presença com diversas largadas, em todos os dias da festa, no antigo campo de futebol.

Círios chegam de sexta a domingo 
Cinco círios, da Quinta do Anjo, que chega no primeiro dia da festa em procissão, no sábado entra na aldeia o círio da Azoia em romaria e no domingo ao almoço chegam os círios Novo, Olhos de Água o Círio da Carregueira, que honram nossa senhora da Atalaia durante os quatro dias de festa, que termina com a procissão colectiva no domingo.
O cartaz das festas da Atalaia será composto por música, chegada dos círios, eucaristia no santuário, sábado, reza do terço, desfile dos ranchos que participaram no Festival de Folclore. A lavagem do rosto na Fonte da Senhora, no domingo e segunda-feira, é outra das principais tradições desta festa tal como os bailaricos populares que acontecem nas sedes dos cinco círios presentes. Esta é uma festa que “reúne população do concelhos de Palmela, Montijo e Sesimbra” e que se espera “atrair  milhares de pessoas destes concelhos”, explica a organização.
Na segunda-feira, todos vão "lavar a cara" à Fonte da Senhora. E, depois de almoço, cada círio regressa em romaria às suas romarias. Cada um cumprindo a sua melhor tradição.

Tradição remonta a 1507
A Festa em Honra de Nossa Senhora da Atalaia é uma romaria popular que remonta a 1507, aquando da promessa então feita pelos funcionários da Alfândega de Lisboa, que devido à peste constituíram um círio, tornando-se pioneiros desta peregrinação, generalizando o culto à Nossa Senhora de Atalaia.
Pode aproveitar as Festas de Nossa Senhora da Atalaia e visitar o Museu Agrícola que estará a funcionar num horário alargado, para que tenha a oportunidade de conhecer este valioso património municipal, testemunho do passado agrícola do Montijo. A entrada é livre.

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010