Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Montijo apresenta projeto de acolhimento familiar

Pontes de Afeto pretende criar uma resposta social que não há no concelho
A Associação Pontes de Afeto promoveu uma sessão pública de apresentação do seu projeto de acolhimento familiar, na sede da Junta de Freguesia da União das Freguesias do Montijo e Afonsoeiro. O evento contou com a presença do presidente da Câmara do Montijo. Nuno Canta afirmou que a câmara municipal conta com a Associação Pontes de Afeto para “alcançar um Montijo com mais justiça social. Queremos parcerias com estabilidade, rigor e transparência e estamos certos que esta é, também, a vossa ambição”.
Associação Pontes de Afeto abrange  Montijo e Alcochete 

Aliás, Nuno Canta revelou que, na reunião de câmara agendada para o dia 19 de Julho, será apresentada e discutida a cedência de um espaço no Centro Cívico do Esteval para a instalação da sede da Pontes de Afeto.
O presidente da câmara relembrou, ainda, o compromisso do município montijense com a solidariedade e com os mais desfavorecidos, afirmando que é preciso, cada vez mais, assegurar respostas qualificadas à comunidade, numa ótica de parceria entre o Estado, as autarquias e a instituições particulares de solidariedade social.
Sérgio Bernardo, presidente da direção da Pontes de Afeto, agradeceu o apoio prestado pela câmara e pela junta e apresentou a associação que tem como principal objetivo o apoio à infância e juventude, através da implementação de um projeto de acolhimento familiar para crianças e jovens em risco.
O projeto de acolhimento familiar pretende criar uma resposta social que, neste momento, é uma lacuna no distrito de Setúbal e que consiste na possibilidade das crianças e jovens em risco viverem num ambiente familiar que lhes proporcione o carinho, a atenção e os cuidados adequados às suas necessidades e bem-estar com vista ao seu desenvolvimento integral. É uma medida prevista na lei, de carácter temporário com o pressuposto da criança ou jovem regressar à sua família natural.

Afetos em Montijo e Alcochete 
Numa primeira fase, o projeto de acolhimento familiar da Pontes de Afeto pretende abranger os concelhos de Montijo e da Moita para, posteriormente, alargar a sua intervenção ao concelho de Alcochete.
Com 112 associados, a Associação Pontes de Afeto foi fundada em 13 de junho de 2011. É reconhecida pela Segurança Social como IPSS, sem fins lucrativos, desde Março de 2012. Desde 2016 que tem a sua sede social no Montijo e integra o Conselho Local de Ação Social do Montijo desde o passado dia 22 de Junho. Para além do projeto de acolhimento familiar e outros na área social, tem promovido atividades culturais, recreativas, sociais e desportivas, nomeadamente o atletismo e o pedestrianismo.

Agência de Notícias com Câmara do Montijo 
Leia outras notícias do dia em 

0 comentários:

Enviar um comentário

Festas Pinhal Novo 2016 - 9 Junho

Festas Pinhal Novo 2016 - 8 Junho

Festas Pinhal Novo 2016 - 7 Junho

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010