Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Rede de furto de veículos em Pinhal Novo desmantelada

Desmantelamento de rede de furto de veículos em Pinhal Novo 

O Comando Territorial de Setúbal da GNR, através do seu Núcleo de Investigação Criminal, desmantelou em Pinhal Novo, uma rede organizada que se dedicava ao furto, tráfico e viciação de veículos, que resultou numa detenção de cinco suspeitos e diversas viaturas. Na passada terça-feira, a GNR efetuou mais quatro buscas, tendo apreendido outras partes de viaturas comerciais e nove cartuchos de calibre 12.

GNR apreendeu várias peças roubadas em Pinhal Novo 

Do material agora apreendido pela GNR fazem parte, três cabines marca Mitsubishi, modelo L200; uma caixa de carga marca Mitsubishi, modelo L200 e um chassis e estrado pertencente a um veículo de marca Mitsubishi, modelo Canter. A Guarda Nacional Republicana encontrou ainda nove Cartuchos de calibre 12.
De acordo com a GNR "os veículos alvo de furto eram na sua maioria viaturas de trabalho, tais como Mitsubishi Canter, Mitsubishi L200, Toyota Dyna e Toyota Hilux, tendo esta Guarda vindo a identificar algumas partes desses veículos já desmantelados e fazendo a respetiva entrega aos seus legítimos proprietários".
Prosseguem as diligências periciais "no sentido de identificar mais partes/peças dos veículos apreendidos para posterior identificação e entrega aos ofendidos", disse a GNR ao ADN.
O material apreendido, estará exposto para recolha de imagem nas instalações do Destacamento Territorial de Palmela (Avenida Palmelense Futebol Clube, em Palmela).

Investigação de seis meses
A investigação, desenvolvida durante mais de seis meses, envolveu quatro buscas domiciliárias nas localidades de Pinhal Novo, Samora Correia, Salvaterra de Magos e Celorico de Basto, e duas buscas em armazéns na localidade do Pinhal Novo. No mês passado, o Comando Territorial de Setúbal da GNR deteve cinco homens, com idades entre os 31 e os 53 anos, e apreendeu oito veículos; uma caixa de mercadorias; duas caixas de carga; duas cabines; um atrelado; dois empilhadores; um chassi; cinco autorrádios e centenas de peças auto furtadas; ferramentas para a prática dos furtos e desmantelamento dos veículo e 298 munições de diversos calibres.
De acordo com a GNR "os veículos, na sua maioria de trabalho, uns eram desmantelados e vendidos à peça, outros eram sujeitos a viciação e colocados no mercado como sendo legais". A rede desmantelada era liderada por um indivíduo já referenciado e com antecedentes por este tipo de crime, "que planeava o furto dos veículos, maioritariamente oriundos do norte e centro do país, durante o período noturno e mediante as encomendas de peças que recebia", explica a GNR.
Integravam ainda esta rede três indivíduos que efetuavam os furtos e um outro que efetuava o seu desmantelamento.
Um dos detidos ficou em prisão preventiva, um foi conduzido ao Estabelecimento Prisional de Vila Real por ter pendente um mandado de detenção para cumprimento de pena, dois ficaram com apresentações periódicas e um com termo de identidade e residência.

Agência de Notícias

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010