Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Chama solidária chegou a Setúbal na quinta-feira

Setúbal foi nomeado Distrito da Solidariedade 2017/2018

A Chama da Solidariedade, iniciativa da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade para promover a importância do espírito de partilha, foi entregue na quinta-feira a Setúbal, numa cerimónia simbólica que decorreu nas arcadas dos Paços do Concelho. A Chama da Solidariedade tem percorrido todo o país desde 2006 com o objetivo de “juntar toda a comunidade à volta do conceito de solidariedade, através de um conjunto de iniciativas culturais e desportivas para todas as idades, bem como momentos de reflexão”, explica o presidente adjunto da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade João Dias, que entregou ao presidente da  União das Instituições Particulares de Solidariedade Social de Setúbal, Fernando de Sousa.
Chama da solidariedade vai percorrer todos os concelhos do distrito


União das Instituições Particulares de Solidariedade Social de Setúbal recebeu o testemunho do Funchal, onde a iniciativa decorreu no último ano, e fica responsável por manter a chama acesa até Junho de 2018, uma vez que o distrito de Setúbal foi eleito, por unanimidade, no seio da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade, como Distrito da Solidariedade 2017/2018.
“É um grande orgulho receber esta chama num distrito onde somos muito solidários e onde este espírito nos ajudou sempre a ultrapassar momentos muito difíceis e dificuldades”, vinca Fernando de Sousa.
O responsável ressalva a necessidade de haver solidariedade “todos os dias e não apenas um dia ou durante uma semana”, daí a importância da realização desta iniciativa para “despertar a sociedade para manter a chama da partilha acesa”.
No ato simbólico de dia 27, Fernando de Sousa entregou depois a chama à presidente da Câmara de Setúbal, Maria das Dores Meira, que sublinha a “grande responsabilidade de ter na mão um símbolo de união do distrito e também do país”.
A autarca lembra que os portugueses têm mostrado a veia solidária quando ocorrem catástrofes e aponta como exemplo mais recente a onda de ajuda, a nível nacional, às vítimas da tragédia de Pedrógão Grande.
Coube a Maria das Dores Meira entregar a Chama da Solidariedade às Instituições Particulares de Solidariedade Social de Setúbal, representadas pelo presidente da Cáritas Diocesana de Setúbal, Domingos Ferreira de Sousa.
A chama fica na Cáritas até ao início do mês de Setembro e segue depois para um périplo por todos os concelhos do distrito de Setúbal que arranca no concelho do Seixal e termina em Junho de 2018 com a Festa da Solidariedade, a realizar na cidade de Setúbal.

Agência de Notícias com Câmara de Setúbal 
Leia outras notícias do dia em 

0 comentários:

Enviar um comentário

Festas Pinhal Novo 2016 - 9 Junho

Festas Pinhal Novo 2016 - 8 Junho

Festas Pinhal Novo 2016 - 7 Junho

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010