Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Montijo oferece estacionamento no Seixalinho

Parque de estacionamento no Cais do Seixalinho gratuito a partir de Junho

A Câmara do Montijo e a Transtejo formalizaram esta quinta-feira um protocolo para a gestão e funcionamento do Parque de Estacionamento do Cais do Seixalinho, que passará a ser gratuito a partir de 1 de Junho. A cerimónia de assinatura decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho do Montijo e contou com a presença do secretário de Estado Adjunto e do Ambiente, José Mendes. O presidente da Câmara do Montijo, Nuno Canta, expressou a sua satisfação por este “acordo histórico. A gratuitidade do parque de estacionamento do Cais do Seixalinho marca o início de um novo ciclo nas políticas públicas de transporte, no ordenamento do estacionamento e na ligação fluvial a Lisboa”.
Autarquia assinou protocolo com a Transtejo 

“É o resultado de uma vontade firme da câmara e do Conselho de Administração da Transtejo, existindo uma repartição de encargos entre a câmara municipal, que assume a manutenção do espaço público, e a Transtejo que deixa de obter a receita proveniente do estacionamento”, acrescentou o autarca.
A presidente do Conselho de Administração da Transtejo, Marina Ferreira, afirmou ser “um privilégio estar no Montijo, num ato que, apesar de simples, revela muito do trabalho que a Transtejo está a fazer. Um trabalho de recuperação de uma ligação antiga e tradicional, vital para o bom funcionamento das duas margens do Tejo”.
Marina Ferreira referiu-se, ainda, aos problemas que afetaram, nos últimos dias, a carreira fluvial Montijo-Lisboa: “o Conselho de Administração e todos os trabalhadores da Transtejo estão profundamente envolvidos para que estas situações não se repitam. Infelizmente não podemos afirmar que tal não sucederá, mas expressamos publicamente o nosso empenho para que estes imprevistos não aconteçam, de modo a garantir um serviço público previsível, regular e universal”.
A cerimónia terminou com as palavras do secretário de Estado Adjunto e do Ambiente. José Mendes focou a sua intervenção na importância do protocolo: “este é um momento simbólico que resolve um problema concreto da população. O presidente da câmara tomou a iniciativa de propor esta solução, que dá melhores condições às pessoas e isso é o mais importante, porque é para as pessoas que trabalhamos”.
José Mendes recordou que “o transporte fluvial foi objeto de um grande desinvestimento nos últimos anos, o que ainda hoje gera problemas na operacionalidade da Transtejo, problemas que o Conselho de Administração está a tentar resolver com alterações nos planos de manutenção dos navios e com o aumento da frota, com o objetivo de reforçar a fiabilidade e a regularidade do transporte fluvial”.
Ao abrigo do protocolo, a Câmara do Montijo irá realizar um conjunto de intervenções de qualificação do parque de estacionamento, assumindo a gestão e funcionamento daquele espaço e possibilitando o seu uso gratuito pelos munícipes e utilizadores do transporte fluvial que liga Montijo a Lisboa.

Agência de Notícias com Câmara do Montijo

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010