Dá um Gosto ao ADN

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Criança de dois anos morre eletrocutada no Pinhal Novo

Menino morre eletrocutado por "cabo improvisado" e ilegal

Uma criança de dois anos morreu, este domingo, depois de ter sido eletrocutada no Pinhal Novo. Segundo a Lusa, o incidente deu-se na tarde de domingo, quando a vítima mexeu num cabo descarnado perto de uma baixada da EDP. Depois de ter sido retirado do local por outras crianças, o menino foi levado por populares para o Serviço de Urgência Básica do Montijo ainda antes de os Bombeiros Voluntários do Pinhal Novo chegarem ao local. A vítima foi levada em estado grave, mas acabou por não resistir. Para além de sete elementos dos bombeiros, a GNR também esteve no local do incidente.
Bombeiros não chegaram a tempo de salvar menino de dois anos 

Um menino de dois anos perdeu a vida depois de ter sido eletrocutado, este domingo, quando brincava perto de um acampamento em Pinhal Novo. 
A criança ainda foi transportada para o Hospital do Montijo mas acabou por não resistir aos ferimentos que a deixaram em “estado muito grave”.
Em declarações à RTP, o comandante dos Bombeiros Voluntários do Pinhal Novo, Luís Neto, explicou que “o cabo que vem do poste até à casa, que ainda tem mais de uma centena de metros, é um cabo improvisado com alguns enxertos”.
“A criança estaria a brincar na terra, tocou num desses enxertos, que estaria descarnado e sem proteção, e foi eletrocutada”, referiu o responsável.
O cabo em causa seria uma puxada de energia ilegal e as crianças estariam a brincar perto de uma oficina de automóveis sem a vigilância de um adulto.
“As outras crianças levaram o menino e houve alguns populares que prestaram socorro", mas acabou por perder a vida depois de chegar ao hospital do Montijo. 
Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal disse à Lusa que os Bombeiros de Pinhal Novo foram alertados para o acidente às 18h47 pelo Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU), mas quando chegaram ao local o menino já tinha sido transportado pelos próprios pais para o Hospital do Montijo.

Agência de Notícias 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010