Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 9 de março de 2017

Moita preocupada com impactos do novo aeroporto

Câmara exige esclarecimentos do Governo sobre os impactos ambientais no seu território

A Câmara da Moita está contra o novo aeroporto na base aérea do Montijo, manifestando preocupações em relação aos impactos provocados pelas trajetórias dos voos no concelho, anunciou a autarquia. "A instalação desta infraestrutura no centro de uma área densamente povoada e onde existem diversas zonas classificadas de proteção da natureza tem necessariamente fortes impactos ambientais que têm de ser avaliados e acautelados, previamente à tomada de decisão", refere uma tomada de posição do executivo liderado por Rui Garcia. 

Câmara da Moita contesta novo aeroporto complementar no Montijo

O documento refere que o território do concelho da Moita encontra-se sob as trajetórias de voo de aproximação às pistas deste aeroporto complementar.
"Existem motivos legítimos para a apreensão da população do concelho face às consequências deste facto na sua qualidade de vida e segurança, que são agravadas pela total omissão destas preocupações nas declarações proferidas pelos membros do governo", acrescenta a Câmara da Moita.
A autarquia defende a construção de um novo aeroporto no Campo de Tiro de Alcochete, salientando que a base aérea do Montijo é a "mera instalação de um terminal de passageiros "low-cost", que não trará "impacto relevante na economia da região".
"A Câmara Municipal da Moita considera que a solução de instalação de um aeroporto complementar na Base Aérea do Montijo não é a melhor para o município, para a região ou para o país. A opção, já devidamente avaliada e fundamentada, de construção do Novo Aeroporto de Lisboa no Campo de Tiro é a que responde às necessidades atuais e futuras de Portugal relativamente ao tráfego aéreo, de passageiros e de mercadorias", salienta o documento.
A Câmara da Moita exige ainda esclarecimentos do Governo sobre os impactos ambientais no seu território e sobre o bem-estar da população do concelho com a instalação do aeroporto complementar na Base Aérea do Montijo.
"O território do Concelho da Moita encontra-se sob as trajetórias de voo de aproximação às pistas deste aeroporto complementar. Existem motivos legítimos para a apreensão da população do concelho face às consequências deste facto na sua qualidade de vida e segurança, que são agravadas pela total omissão destas preocupações nas declarações proferidas pelos membros do governo", sublinha a autarquia liderada por Rui Garcia.
O Governo e a ANA - Aeroportos de Portugal assinaram, a 15 de Fevereiro, um memorando de entendimento que visa "estudar aprofundadamente" a solução de um aeroporto complementar no Montijo, para aumentar a capacidade do Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa.

Agência de Notícias 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010