Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 3 de março de 2017

Homem tentou matar mulher na Baixa da Banheira

Homem que tentou matar esposa com machado encontrado morto

O homem de 80 anos que quinta-feira tentou matar a companheira, de 50, com um machado e depois ateou fogo à residência na Rua das Beiras, Baixa da Banheira, foi encontrado inanimado na sua viatura, estacionada no cruzamento da Rua José Gomes Ferreira com a Avenida da Liberdade, tendo vindo a falecer a caminho do hospital. O principal suspeito do crime encontrava-se em fuga das autoridades desde as 19h24  de quinta-feira, quando deflagrou o incêndio, e foi encontrado na sua viatura à uma hora da madrugada. O incêndio causou ferimentos leves em oito pessoas.


Os problemas cardíacos que o homem tinha podem ter causado a sua morte, tendo a intervenção de terceiros sido já afastada pela Polícia Judiciária.
O corpo foi transportado para a morgue do Hospital Nossa Senhora do Rosário, Barreiro, onde se vai proceder à autópsia.
No incêndio que o homem provocou, combatido por 31 homens dos bombeiros da Moita, e Sul e Sueste (Barreiro),  uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação e agentes da PSP. Oito residentes foram assistidos no hospital por inalação de fumos. Já a vítima da agressão encontra-se fora de perigo e deve ter alta hospitalar ainda hoje.
O alerta para as autoridades foi dado pelas 19h24 de ontem tendo sido chamados ao local os Bombeiros Voluntários da Moita. A PSP tomou conta da ocorrência, mas dada a tentativa de homicídio a Polícia Judiciária de Setúbal foi chamada ao local. 
O agressor fugiu de casa pelas traseiras mas foi identificado pelas autoridades. No incêndio que atingiu a habitação, na Rua das Beiras, ficaram feridas pelo menos oito pessoas, por inalação de fumo, entre eles um dos agentes da PSP destacados para o local e alguns vizinhos da vítima. 
Um casal idoso que ficou emboscado pelo fumo teve de ser resgatado pela polícia que usou uma ambulância dos bombeiros da Moita para socorrer as duas vítimas.  
A mulher agredida ficou com escoriações e foi hospitalizada. As autoridades investigam os motivos da agressão e o que levou o homem a tentar matar a companheira.

Agência de Notícias 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010