Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Alcochete celebrou namorados com amor e afeto

Estendais de afeto e conversas intergeracionais de amor 

A 14 de Fevereiro comemorou-se o Dia de São Valentim, uma comemoração que, em Alcochete, foi partilhada com o Dia dos Afetos. Em todos os estabelecimentos do agrupamento de escolas, a comunidade educativa foi convidada a mostrar como gostam do outro, a importância de gostar e a refletir sobre a importância dessa atitude. Antes disso, a biblioteca de Alcochete promoveu mais um encontro intergeracional que juntou, na biblioteca da escola secundária, alunos do 10.º ano e um casal octogenário. O objetivo? Falar de amor.
A 14 de Fevereiro comemorou-se o amor e o afeto 

Integrada no plano anual de atividades de cooperação da rede de bibliotecas de Alcochete, esta é já uma atividade que, anualmente, junta gerações para um diálogo aberto e divertido sobre rituais de namoro e casamento. Este ano, a conversa foi dirigida pelo casal alcochetano Maria e Jorge Arroz que, perante os alunos do 10.º ano do turismo, partilharam experiências e vivências de um percurso conjunto que já soma mais de 60 anos e destacaram junto do público juvenil, a importância de valores como o da família, o do respeito mútuo, da cumplicidade e dos afetos.
Por seu lado, e num dia de partilha, os alunos presentearam também o casal com uma animação de leitura do livro “Burros” da autoria de Adelheid Dahimène e Heide Srollinger. Este é um título que narra a história de um casal que, prestes a celebrar as bodas de prata, decide separar-se após uma pequena discussão. Contudo, o problema é que, por muito que procurem, não conseguem encontrar outro companheiro que substitua o par perdido.
A narrativa aborda, afinal, as relações humanas, nomeadamente o casamento e a vida familiar, recriando rotinas e sublinhando a importância do convívio assíduo como forma de intensificar laços afetivos.

Agrupamento cria “estendais de afetos” nas escolas do concelho
Casal com mais de 60 anos de casamento partilham amor com jovens 
A 14 de Fevereiro comemorou-se o Dia de São Valentim, uma comemoração que, em Alcochete, foi partilhada com o Dia dos Afetos. Em todos os estabelecimentos do agrupamento de escolas, a comunidade educativa foi convidada a mostrar como gostam do outro, a importância de gostar e a refletir sobre a importância dessa atitude.
Luís Mourinha, um dos professores da equipa da educação para a saúde do Agrupamento de Escolas de Alcochete, explicou como seria passado o Dia dos Afetos na escola secundária: “vamos celebrar o dia todos juntos com uma atividade lúdica e dar um abraço, um cumprimento para celebrarmos todos juntos este dia. A ideia é partilharmos e gostarmos uns dos outros”.
A par das várias iniciativas que se realizaram ao longo do dia, cada escola criou um estendal dos afetos, onde os alunos puderam colocar as suas mensagens de amor e de amizade e que vão estar patentes até ao final desta semana.
“Escolhermos o ato de gostar como forma positiva de estar uns com os outros, uma forma de prestarmos atenção a todos os que fazem parte do nosso quotidiano, seja com um sorriso, com um abraço ou com um aperto de mão”, refere ainda a coordenação da equipa da educação para a saúde.
A recordar que, no ano transato, Alcochete aderiu ao movimento Cidade dos Afetos, uma rede da qual fazem parte todos os municípios do ACES do Arco Ribeirinho que se comprometem a criar uma rede de afetos.

Agência de Notícias com Câmara de Alcochete 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010