Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Jovens agridem violentamente menor em Almada

PSP ouviu suspeitos de agressão violenta a jovem e tenta identificar testemunhas

Um vídeo publicado, esta quinta-feira, nas redes sociais mostra um grupo de jovens a agredir violentamente um rapaz, com socos e pontapés, em Almada. A mãe do agredido apresentou queixa na PSP, que tomou conhecimento do caso no dia 6 de Novembro e passou o caso para o DIAP. A PSP já identificou quatro suspeitos menores. Quatro dos alegados agressores estão identificados e tal como a vítima são menores. Alguns estudam na escola secundária Emídio Navarro, em Almada. Nas imagens pode ver-se um rapaz a ser atacado com uma série de murros na cara, enquanto está deitado no chão, sem se conseguir defender. A família da vítima fala em "cilada". 
PSP já identificou todos os suspeitos da agressão 

Segundo a comissária Maria do Céu, "a PSP já identificou e já ouviu os quatro jovens suspeitos das agressões, que ocorreram no dia 3 de novembro, em Almada, todos com cerca de 15 anos, e está a tentar identificar também todos os jovens que assistiam e que nada fizeram para tentar impedir as agressões".
De acordo com a comissária, que não especificou a data em que os jovens foram identificados, a PSP não foi chamada ao local quando ocorreram as agressões e só tomou conhecimento do caso na sequência de uma participação da mãe do jovem agredido.
"Não houve flagrante delito, mas, face à gravidade da situação, a participação foi encaminhada para o Departamento de Investigação e Ação Penal de Almada, que delegou a investigação na PSP", disse.
A vítima foi violentamente espancada por outros jovens, enquanto um deles filmava as agressões, que agora estão a circular nas redes sociais na internet.
A comissária Maria do Céu disse ainda que o caso será remetido para o Ministério Público de Almada logo que a investigação da PSP esteja concluída.
Questionada pela agência Lusa, a mesma fonte disse não ter conhecimento de casos semelhantes de extrema violência que envolvam jovens com estas idades (cerca de 15 anos).
"Já nos chegaram alguns - poucos - casos semelhantes, mas que envolvem quase sempre jovens maiores de idade e que integram alguns gangues rivais da margem sul do Tejo", disse.

Agressões impressionantes 
A violência da cena impressiona. O jovem vestido de negro avança perante um grupo de rapazes e raparigas e um deles sai-lhe ao caminho. O que acontece a seguir é uma sucessão de murros e pontapés na cabeça, com vários agressores a atingir a vítima, deitada no chão, até esta ficar quase inanimada. 
Quando se levanta, o jovem cambaleia e bate com a cabeça na carrinha junto à qual foi agredido. Isto perante repetidos comentários de gozo, sem que ninguém faça alguma coisa para travar a violência. O vídeo foi gravado com um telemóvel em Almada, numa zona perto de duas escolas secundárias, e mostra o episódio que aconteceu há cerca de dois meses. Mas está agora a ser partilhado de forma viral nas redes sociais.

Mãe do jovem agredido diz que filho foi vítima de uma "cilada"
Em declarações à SIC Notícias, a mãe do adolescente agredido em Almada disse que o filho foi vítima de uma "cilada".
"Ao sair da escola, onde está a tirar o curso de informática, recebeu um telefonema de um 'amigo', um rapaz, para ir ter com ele a um sítio em Almada para se encontrarem 'mano a mano' para falarem de uma rapariga", contou a mãe do adolescente à televisão.
"Na inocência toda dele, foi sozinho. Quando chegou ao tal local, não estava sozinho o tal rapaz, estava com mais sete. Fizeram-lhe uma cilada e foram todos contra ele", continuou, visivelmente emocionada, detalhando ainda que o filho só soube que estavam vários adolescentes envolvidos depois de ver o vídeo, uma vez que terá desmaiado após a primeira agressão.
Veja aqui o vídeo da agressão publicado pela SIC Notícias


0 comentários:

Enviar um comentário

Festas Pinhal Novo 2016 - 9 Junho

Festas Pinhal Novo 2016 - 8 Junho

Festas Pinhal Novo 2016 - 7 Junho

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010