Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Centro de Saúde da Baixa da Banheira no Parlamento

4023 assinaturas obriga Assembleia da República a discutir a obra 

A Comissão de Utentes de Saúde da Baixa da Banheira, na Moita, anunciou ontem que já reuniu as assinaturas necessárias para levar a construção do novo Centro de Saúde à discussão na Assembleia da República. De acordo com um comunicado de imprensa enviado pela comissão de utentes, "atingimos as 4023 assinaturas. Atingimos o nosso objetivo de recolher as assinaturas suficientes para apresentarmos na Assembleia da República, de modo a ser discutido em plenário, a construção do novo centro de saúde, para que possamos ter mais condições de atendimento e para que mais médicos possam vir para a Baixa da Banheira". Entretanto, o presidente da Câmara da Moita já confirmou que existe trabalho a ser efectuado com a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo para celebrar um protocolo, em breve, que permita avançar com a construção do novo Centro de Saúde. As duas entidades já tem uma localização do futuro equipamento de saúde. 

Atual Centro de Saúde funciona num prédio de habitação 

Além de exigir a construção de um novo Centro de Saúde da Baixa da Banheira, por considerar que o atual funciona num prédio sem condições, a Comissão de Utentes alertou também para a necessidade de reforçar o número de médicos.
Vários grupos parlamentares já questionaram o Governo sobre a situação do Centro de Saúde da Baixa da Banheira, exigindo saber quando a obra vai avançar, depois de ter sido anunciada a sua construção.
"Após a marcação da audiência pelo Presidente da Assembleia da República, o passo seguinte será a entrega na Assembleia da República do processo, pelo que apelamos à população da Baixa da Banheira que, nesse dia, que depois iremos divulgar, se desloquem com a Comissão de Utentes e participem em mais esta jornada de luta", pode ler-se no comunicado.
A comissão referiu ainda que foi informada, em reunião entre as partes, que a Câmara da Moita, liderada por Rui Garcia, já apresentou à Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, uma proposta de terreno para o novo Centro de Saúde.
"O terreno está situado junto à linha férrea perto da Escola D. João I, logo a seguir à rotunda com a escultura dedicada ao 25 de Abril de 1974. Esta proposta terá de ser aprovada ainda em sessão de Câmara a realizar durante o mês de Janeiro e em sessão da Assembleia Municipal a realizar no início do mês de fevereiro deste ano", salientou.
A Comissão de Utentes já agendou uma sessão pública para o dia 18 de Fevereiro, pelas 10 horas horas, a fim de discutir o assunto com a população e definir formas de luta.

ARS e Câmara da Moita já tem acordo para o novo equipamento 
Entretanto, o presidente da Câmara da Moita já confirmou que existe trabalho a ser efectuado com a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo para celebrar um protocolo, em breve, que permita avançar com a construção do novo Centro de Saúde da Baixa da Banheira.
“Confirmamos que existe trabalho entre a Câmara Municipal da Moita e a ARS de Lisboa e Vale do Tejo com vista à celebração de um protocolo entre estas duas entidades para a construção do novo Centro de Saúde da Baixa da Banheira, que vai ser celebrado muito em breve”, diz a autarquia liderada por Rui Garcia. 
A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo anunciou que já acordou com a autarquia da Moita a localização do novo Centro de Saúde da Baixa da Banheira, referindo que vai ser assinado um protocolo.
A Comissão de Utentes já agendou uma sessão pública para o dia 18 de Fevereiro, pelas 10 horas horas, a fim de discutir o assunto com a população e definir formas de luta.

0 comentários:

Enviar um comentário

Festas Pinhal Novo 2016 - 9 Junho

Festas Pinhal Novo 2016 - 8 Junho

Festas Pinhal Novo 2016 - 7 Junho

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010