Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Alunos exigem melhorias em escolas de Almada

Alunos manifestaram-se nas secundárias do Monte de Caparica e Cacilhas/Tejo

Alunos das escolas secundárias do Monte de Caparica e de Cacilhas/Tejo, no concelho de Almada, concentraram-se na quinta-feira para exigirem melhores condições para as atividades letivas naqueles estabelecimentos de ensino. "Temos cerca de uma centena de alunos neste protesto para exigirmos melhores condições na escola, porque as salas de aula são pequenas para os cerca de 30/32 alunos por turma, no refeitório dão pouca comida e a qualidade também podia ser melhor", disse Ivo Botelho, aluno da Escola Secundária Cacilhas/Tejo. Estavam também marcados protestos em escolas de Setúbal, Seixal e Palmela. 
Alunos do distrito de Setúbal querem melhor escola pública 

"Na nossa escola, no Monte de Caparica, temos obras paradas há sete anos, os alunos têm aulas em contentores, onde, por vezes, aparecem ratos e baratas, no refeitório a comida é pouca e os preços são elevados. Além disso, faltam funcionários, porque temos apenas oito para cerca de 300 alunos", disse Bruno Pires, aluno da Escola Secundária do Monte de Caparica, concelho de Almada.
Segundo Bruno Pires, inicialmente os alunos pretendiam concentrar-se junto à Câmara Municipal de Almada, mas acabaram por ficar junto à Escola Secundária de Cacilhas/Tejo, "porque a PSP não autorizou".
A iniciativa foi promovida por grupos de alunos de diversas escolas que integram o movimento "Basta. Na rua pela Escola Pública", que reivindica o "direito a uma educação pública, gratuita e de qualidade, mais financiamento para a educação e ação social escolar, o fim dos exames nacionais, a gratuidade dos manuais escolares e a reposição do passe escolar".
Segundo Simão Calixto, aluno da Escola Secundária Sebastião da Gama, em Setúbal, onde houve apenas uma concentração de algumas dezenas de alunos ao início da manhã de ontem, além das ações nas escolas do Monte de Caparica e Cacilhas/Tejo, estavam também previstas iniciativas de protesto na Escola Secundária de Palmela e nas Escolas Secundárias Romeu Correia (Almada) e Manuel Cargaleiro (Seixal).
Segundo revelaram os responsáveis das escolas, a iniciativa passou praticamente despercebida em quase todos os estabelecimentos de ensino, com exceção da Escola Secundária do Monte da Caparica e da Escola Secundária de Cacilhas /Tejo.


Agência de Notícias com Lusa

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010