Dá um Gosto ao ADN

domingo, 16 de outubro de 2016

Tiroteio no Barreiro fez um morto e um ferido grave

Assalto acaba com um assaltante morto, um ferido e dois polícias atropelados 

Um assaltante morreu perto da meia-noite e outro ficou ferido num tiroteio com a PSP, que também teve um agente baleado numa perna e outro atropelado após uma tentativa de assalto ao Centro Comercial Continente do Barreiro. Segundo a comissária Maria do Céu, da PSP de Setúbal, havia um total de sete assaltantes encapuzados e armados com shotguns, metralhadoras e pistolas, encontrando-se cinco assaltantes em fuga num automóvel.  A PSP chegou ao local com a tentativa de assalto em curso e depois do tiroteio fez um perímetro de segurança à volta da zona comercial, situada no bairro da Verderena, pelo que se chegou a admitir que alguns assaltantes estariam barricados no hipermercado com reféns, o que não se veio a confirmar. A Polícia Judiciária encontra-se no Centro Comercial Continente do Barreiro para recolher indícios.
Assalto ocorreu este sábado à noite

Um morto e um ferido grave é, para já, o balanço de uma tentativa de assalto a um hipermercado, na noite deste sábado, no Barreiro. A vítima mortal é uma das sete pessoas envolvidas nesta tentativa de assalto ao hipermercado Continente, situado junto à Rua Miguel Bombarda, segundo informação confirmada pela PSP. O ferido grave foi transportado de emergência para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, sendo o único detido até ao momento.
De acordo com informações do Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal, o alerta foi dado às 23h34, através de uma chamada telefónica para os Bombeiros Voluntários do Barreiro. A informação foi encaminhada para a PSP, que enviou um carro- patrulha para o local, com dois agentes, de acordo com a comissária Maria do Céu, responsável pelas Relações Públicas do Comando da PSP de Setúbal.
Quando o primeiro carro da PSP chegou ao local, “foram recebidos com tiros”, descreve a comissária. O grupo de assaltantes seria composto por sete pessoas, acrescentou, que tentaram atropelar dois agentes, ambos feridos sem gravidade, mas que por precaução foram transportados a uma unidade hospitalar, para observação.
Poucos momentos depois chegaram mais reforços da polícia e, de acordo com a PSP, o grupo estava armado com “uma metralhadora, uma shot gun, uma pistola e um revólver, pelo menos”.
A vítima mortal era o elemento do grupo que empunhava a metralhadora, conta a comissária, acrescentando que “envergava um colete à prova de balas e usava luvas”. “Não sabemos neste momento se a causa da morte é fogo nosso ou ferimentos auto-infligidos”, sublinhou esta responsável policial.
No local, foi ainda encontrado pelo menos "um carrinho de compras com sacos de dinheiro", que seriam o produto do assalto àquele estabelecimento comercial. De acordo com algumas fontes, o dinheiro que foi roubado pertencia aos vários supermercados da região de Setúbal.

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010