Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Mourisca com ação de limpeza este sábado

Voluntários limpam a Herdade da Mourisca 

A Herdade da Mourisca, um dos principais pontos de atração da Reserva Natural do Estuário do Sado, em Setúbal, é alvo de uma ação de limpeza no dia 1 de Outubro, entre as 9h30 e as 13 horas. A iniciativa, organizada pela Câmara Municipal de Setúbal e pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, com apoio do Agrupamento 1359 – Sado, do Corpo Nacional de Escutas, assinala os 36 anos da Reserva Natural do Estuário do Sado.
Voluntários vão limpar a herdade da Mourisca, em Setúbal 

A intervenção ambiental, com ponto de encontro às 9h15, junto do armazém do Moinho de Maré da Mourisca, incide nos sapais e zonas envolventes, com o objetivo de recolher lixo acumulado no verão.
A participação, aberta a toda a população, sem necessidade de inscrição prévia, proporciona, além do contributo social para a limpeza do espaço, a oportunidade de conhecer as aves que habitam o estuário.
A Reserva Natural do Estuário do Sado, a par da proteção nacional, tem classificação internacional de Zona de Proteção Especial para Aves, sendo local de passagem e permanência de espécies migratórias.
A zona a intervencionar nesta ação de limpeza é considerada um centro de turismo de natureza, onde está presente o Moinho de Maré da Mourisca, recentemente requalificado.

A história do Moinho de Maré
Situado na Reserva Natural do Estuário do Sado, o Moinho de Maré da Mourisca, possivelmente original do século XVII, localiza-se na Herdade da Mourisca, próximo do Faralhão, numa zona de sapal e salinas, rodeado de terrenos antigamente usados para o cultivo de arroz.
O Moinho de Maré da Mourisca é um dos quatro moinhos de maré conhecidos no estuário do Sado. Trata-se de uma estrutura preparada para o funcionamento simultâneo de oito mós, que operaram até há algumas décadas.
Era originalmente constituído por uma sala de moagem, uma sala de armazenamento e uma casa de apoio ao moleiro. Em ruínas após anos de abandono, o moinho foi adquirido pelo  Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade, atual  Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, que, em 1995, iniciou a sua reconstrução.
Em 2012, foi assinado um protocolo de co-gestão entre o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas e a Câmara Municipal de Setúbal, ficando estas entidades responsáveis pela dinamização no Moinho de Maré e área envolvente.
Atualmente são promovidas várias atividades no Moinho de Maré da Mourisca e na área envolvente, reconhecida pela sua diversidade biológica.

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010