Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Sesimbra restaura Casa da Água no Cabo Espichel

Autarquia continua a intervir nos melhoramentos do Santuário do Cabo Espichel

No início de Junho arrancaram os trabalhos de valorização da Casa da Água do Cabo Espichel, em Sesimbra, uma intervenção orçada em perto de 140 mil euros, totalmente financiada pelo orçamento municipal. Esta obra surge na sequência dos melhoramentos efetuados pela autarquia na envolvente deste edifício, em 2015, com o apoio do Programa de Desenvolvimento Rural. "Esta intervenção deverá estar concluída em finais de Agosto, de modo a que a Casa da Água já possa ser visitada por altura da próxima Feira do Mel e dos festejos em Honra de Nossa Senhora do Cabo Espichel, no final de Setembro", explica a Câmara de Sesimbra. 
Autarquia quer obra pronta no fim do verão 

Os trabalhos em curso, diz a autarquia de Sesimbra, "consistem na consolidação estrutural, reparação de revestimentos exteriores e interiores com argamassas de cal e areia apropriadas, arranjo do revestimento da abóbada, com a colocação de azulejos de fabrico artesanal, semelhantes aos existentes, e limpeza e recuperação dos azulejos ainda remanescentes".
O projeto prevê ainda a recuperação e reconstituição do Zimbório, ou seja, o remate da cúpula exterior do edifício, com recurso a troços de cantaria recuperados no local, que se julga pertencerem ao Zimbório original.
"Esta intervenção deverá estar concluída em finais de Agosto, de modo a que a Casa da Água já possa ser visitada por altura da próxima Feira do Mel e dos festejos em Honra de Nossa Senhora do Cabo Espichel, no final de Setembro", explica a Câmara de Sesimbra ao ADN.
Refira-se que o Santuário de Nossa Senhora do Cabo Espichel recebeu desde 2008 um vasto conjunto de melhoramentos dinamizados pela Câmara de Sesimbra, entre os quais a instalação de eletricidade, regularização do piso do terreiro, e a pintura das alas da Ermida da Memória.
Em 2015 foi efetuada a requalificação do cercado da horta e do jardim, criou-se um percurso museológico e melhorou-se o estacionamento. Esta é a primeira intervenção “de fundo” num dos mais importantes e interessantes elementos do conjunto arquitetónico, e como tal assume enorme simbolismo.

A história da Casa da Água
A Casa da Água do Cabo Espichel é um edifício construído pelo Rei D. José, por volta de 1770, por ocasião da estadia da corte no santuário.
O imóvel recebia a água a partir da Azoia, através do aqueduto ainda existente, que abastecia todo o conjunto. A Casa da Água apresenta um traçado hexagonal, e no interior existe uma fonte em pedra lioz que recebia a água do aqueduto, construída em forma de nicho, de onde sobressai uma figura de um leão. As paredes interiores eram revestidas por painéis de azulejos azuis e brancos, que representavam cenas cortesãs e de caça, cujos vestígios são ainda hoje visíveis.

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010