Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Setúbal cede Campo na Várzea ao Vitória

Câmara de Setúbal volta a aproximar-se do Vitória Futebol Clube 

Um protocolo com o Vitória de Setúbal  para utilização do campo n.º 2 do Complexo Desportivo Municipal da Várzea na área da formação de futebol foi aprovado, em reunião pública, pela Câmara de Setúbal. O acordo para utilização daquele recinto, apetrechado já este ano com um relvado sintético e batizado com o nome de Fernando Tomé, é celebrado com o Vitória Futebol Clube por uma época desportiva, neste caso a decorrer no período entre 18 de Maio de 2016 e 31 de Julho de 2017. A deliberação camarária destaca que o protocolo tem como objetivo facultar ao Vitória “a utilização de um campo para a prática de futebol, sem prejuízo de proporcionar a prática da mesma ou outras modalidades adequadas ao espaço à população escolar e a outros clubes ou coletividades”. 

Autarquia felicitou Vitória pela permanência na Liga Nos

No âmbito do protocolo, compete ao Vitória utilizar as instalações para desenvolvimento e fomento da modalidade de futebol em todos os escalões etários, sem qualquer tipo de discriminação, assim como deixar limpas e tratadas as zonas utilizadas na sua prática desportiva.
O clube deve ainda usar a instalação desportiva nos horários e condições acordadas anualmente, cumprir com todas as regras de segurança na prática desportiva, quer para os praticantes quer para o público em geral, e garantir a vigilância e o bom estado de conservação das instalações e equipamentos.
Ao longo dos anos têm sido celebrados protocolos de cedência de utilização de instalações desportivas municipais, cujo modelo de gestão proposto tem beneficiado tanto os utilizadores, as entidades promotoras da prática desportiva e o proprietário de tais equipamentos, como município de Setúbal.
Em 2015, o município promoveu a aquisição e a colocação de um relvado sintético novo no campo n.º 1 de futebol de 11 do Complexo Desportivo Municipal da Várzea, recinto que ao longo dos anos tem sido utilizado pelo Clube Desportivo “Os Pelezinhos”.
A deliberação destaca que a estratégia passa por ter os campos municipais da Várzea, n.º 1 e n.º 2, em utilização conjunta “por diferentes clubes desportivos, no sentido de maximizar, tanto a prática e o desenvolvimento desportivo do concelho, como o elevado investimento municipal na melhoria das condições de prática”.

Vitória mantém campos na Várzea
Um protocolo com o Vitória Futebol Clube que visa a cedência de uso e gestão de uma parcela de terreno público na Várzea, ocupado por dois campos desportivo, foi aprovado na mesma reunião.
A parcela de terreno do domínio público municipal, na Quinta da Várzea, com uma área de 15.330 metros quadrados, integra dois campos de relva natural e respetivas estruturas de apoio, espaço que o Vitória Futebol Clube “utiliza há diversos anos para a prática de futebol de formação e de râguebi”, indica a deliberação camarária.
O protocolo tem como objetivo a cedência do uso e gestão daquele espaço, avaliado em 169 mil 950 euros, designado de Complexo Desportivo do Vitória Futebol Clube, por 15 anos, prazo que pode ser prorrogado por períodos de dez, por acordo entre as partes.
A deliberação sublinha que a autarquia “reconhece o interesse público da cedência do terreno para suporte do projeto de formação, desenvolvimento e prática desportiva do Vitória Futebol Clube”, atualmente com mais de duas centenas de jovens no futebol e de cinquenta no râguebi.
“Trata-se do maior expoente do desporto setubalense com um passado de glória no desporto nacional e internacional, cuja garantia e qualidade dos espaços de prática é fundamental para o futuro de centenas de jovens e para o reforço da intervenção do clube ao mais alto nível desportivo”, realça o documento.
No âmbito do protocolo, a Câmara  de Setúbal cede gratuitamente o uso do terreno e compromete-se a acompanhar todos os projetos que o clube desenvolva para o local, bem como a envidar todos os esforços para colaborar nas matérias competentes, tendo em vista o normal funcionamento da atividade desportiva.
Já o Vitória de Setúbal assume o pagamento de todas as despesas decorrentes do uso e gestão da área cedida e dos espaços desportivos e instalações de apoio aí existentes, a par da manutenção dos campos relvados. Compromete-se ainda a cumprir com todas as regras de segurança na prática desportiva.
A deliberação destaca o apoio do município ao longo das últimas décadas para o “desenvolvimento das diversas modalidades desportivas, onde se inclui de forma clara o apoio ao Vitória Futebol Clube, nomeadamente à atividade das suas secções desportivas amadoras e das equipas de futebol de formação”.
Esta estratégia municipal assume maior relevância num ano em que Setúbal é Cidade Europeia do Desporto, com a “contínua aposta no aumento de condições para o crescimento dos clubes e associações desportivas” a posicionar-se como um “fator fundamental para a colocação do concelho no centro dos acontecimentos desportivos”.

Autarquia saúda permanência do Vitória

A Câmara Municipal apresentou ainda saudações ao Vitória  pela manutenção no principal escalão no campeonato português de futebol profissional.
“O Vitória de Setúbal, o mais representativo clube desportivo da cidade e o único a sul do Tejo a disputar a liga cimeira do futebol português, mantém-se entre os grandes do futebol português e continuará, assim, a simbolizar a nossa cidade na próxima época futebolística ao mais alto nível”, exalta a saudação da CDU.
A autarquia saúda, igualmente, “os milhares de adeptos vitorianos que, no dia 14 de Maio, ajudaram o clube a garantir a continuidade na I Liga”, uma“presença entusiástica de milhares de adeptos no Estádio do Bonfim” que“revela bem o enraizamento do Vitória na sua cidade e a importância do clube enquanto promotor desportivo”.
A saudação acrescenta que “a autarquia setubalense mantém intacta a vontade de manter a cooperação com o clube, ultrapassando os obstáculos, cooperação que, aliás, continua a ser posta em prática em iniciativas conjuntas” integradas no calendário de Setúbal Cidade Europeia do Desporto 2016.
“O Vitória de Setúbal continua a ser, independentemente das conjunturas, o mais importante clube da cidade e aquele que, em qualquer circunstância, a autarquia confiará para desenvolver um trabalho mais profícuo na promoção do desporto, seja no futebol, seja noutras modalidades”, realça o documento.
Uma outra saudação, apresentada pela bancada do PS, sublinha que o“Vitória Futebol Clube é emblema da cidade e símbolo de uma região”, pelo que a “permanência no principal campeonato nacional reveste-se de elevada importância desportiva e financeira para o clube”.
O documento acrescenta que a manutenção alcançada pelo clube sadino “tem, também, uma grande relevância socioeconómica para Setúbal e para toda a região a sul do rio Tejo e muito para além da margem norte do rio Sado”.
Pelo objetivo conquistado, a autarquia saúda “a prestigiosa instituição desportiva, os seus dirigentes, atletas, equipa técnica e, em especial, os seus dedicados adeptos e associados”.

Agência de Notícias

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010