Dá um Gosto ao ADN

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Desvio de milhares de Centro de Saúde em Setúbal

Coordenadora do centro de saúde de Vale de Cobro alvo de denúncia

A coordenadora médica do Centro de Saúde de Vale de Cobro, Setúbal, está a ser investigada internamente por suspeitas de desvio de milhares de euros provenientes das taxas moderadoras. A responsável, que tem cerca de 50 anos e mais de duas décadas de serviço público, meteu baixa médica quando se apercebeu da investigação, denuncia o jornal Correio da Manhã.  
Coordenadora Médica está a ser investigada pelas autoridades 


A situação, diz  o jornal, foi denunciada no início de Março. No segundo semestre de 2015, explica a publicação, foram detetados durante vários meses diversos erros de contabilidade no registo do dinheiro pago pelos utentes. 
As queixas foram feitas à direção do agrupamento de centros de saúde da Arrábida, onde o centro de saúde de Vale de Cobro está integrado, e depois à Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo.
Esta entidade confirma a "existência de indícios de fraude". "Por isso foi aberto um processo disciplinar, e notificado o gabinete de auditoria da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo", acrescenta fonte daquela entidade.  
A auditoria ao funcionamento do centro de saúde dará origem a um relatório, do qual estará dependente a participação à Inspeção-Geral das Atividades em Saúde, que decidirá a punição a aplicar à coordenadora. A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, apesar das averiguações, não admitiu a existência de uma queixa-crime contra a coordenadora médica do Centro de Saúde de Vale de Cobro.

Agência de Notícias

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010