Dá um Gosto ao ADN

terça-feira, 10 de maio de 2016

Festival Internacional de Acordeon em Setúbal

Acordeonistas portugueses e estrangeiros brilharam em São Sebastião  

Mais de trezentas pessoas encheram no dia 7 de Maio à tarde a sede do Clube de Futebol “Os Sadinos”, para assistirem ao Festival Internacional de Acordeon de São Sebastião.  A segunda edição do evento juntou acordeonistas portugueses e estrangeiros e jovens promessas, que atuaram para uma casa cheia. A iniciativa, dinamizada no âmbito do Dia Mundial do Acordeão, que se assinala a 6 de Maio, contou com a participação de alguns dos melhores intérpretes da atualidade, como Tino Costa, Francisco Sabóia, Sérgio Conceição, Tiago Inácio, Ramos Patrício e Maria Amélia Botelho. De salientar, igualmente, a atuação do jovem acordeonista António Ledo, finalista do programa da RTP1 “Got Talent Portugal”, e de Nicole Viviane.
Festival de acordeon atraiu várias pessoas a Setúbal 

O espetáculo, com organização de Os Amigos do Acordeão de São Sebastião, associação que envolve o Grupo Desportivo “Os Amarelos”, o São Domingos Futebol Clube, o Grupo Desportivo O Independente e o Clube de Futebol “Os Sadinos”, teve vários momentos altos, como um tributo prestado ao acordeonista Dimas Pereira, falecido a 3 de Maio de 2009.
A filha do homenageado recebeu lembranças da Câmara  de Setúbal, entregue pela vereadora Carla Guerreiro, e da Junta de Freguesia de São Sebastião.
Outros destaques do Festival Internacional de Acordeon de São Sebastião foi a atribuição de prémios de consagração aos acordeonistas António Lázaro, pelos trinta anos de carreira, e Tino Costa, que comemora meio século de atividade.
O evento concedeu ainda prémios de dignificação e divulgação do acordeão a Hermenegildo Guerreiro, professor de acordeão da Escola de Música da Associação Cultural Sambrasense, Aníbal Freire, professor de acordeão do Instituto de Música Vitorino Matono e presidente da Associação de Acordeão de Portugal, Hermenegildo Rocha, técnico especialista em afinação de acordeões, Francisco Sabóia, fundador da Casa Museu do Acordeão, em Paderne, Albufeira, única em Portugal, e João Pereira, presidente da Mito Algarvio – Associação de Acordeonistas do Algarve.
Ao longo de mais de cinco horas, o espetáculo, que contou com o apoio da Câmara de Setúbal e da Junta de Freguesia de São Sebastião, foi ainda palco das atuações dos Jovens Acordeonistas de Sant’Iago e do músico francês Michel.
Antes do festival, realizou-se, ao início da tarde, uma masterclass de acordeão conduzida pela professora Irelinda Viegas e por Hermenegildo Rocha.

Agência de Notícias

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010