Dá um Gosto ao ADN

terça-feira, 3 de maio de 2016

Festa dos vinhos de Palmela em Fernando Pó

Produção vitivinícola de Palmela mostra-se entre 6 e 8 de Maio 

Fernando Pó já é um "destino" obrigatório no roteiro do bom vinho da região de Palmela. Volta no fim de semana de 6 a 8 de Maio e trás "boas novidades" a um evento que já é "uma referência" a nível local e regional. Tal como no ano passado, a mostra e o concurso ultrapassam as fronteiras das freguesias rurais de Poceirão e Marateca e acolhem adegas de todo o concelho, constituindo-se como montra privilegiada da produção vitivinícola de Palmela. Estarão a concurso - em prova cega - 29 vinhos que vão estar disponíveis no pavilhão de vinhos, juntamente com 18 vinhos brancos de todo o concelho. Uma das novidades do ano é a ligação direta, por comboio Intercidades, da Gare do Oriente (Lisboa) e Pinhal Novo à Mostra, em Fernando Pó. As entradas custam dois euros na sexta-feira e um euro no sábado e domingo. O copo para as provas custa três euros.
Mostra de Vinhos decorre em Fernando Pó 

O programa do certame foi apresentado em Conferência de Imprensa, na Quinta do Piloto, em Palmela. Carina Costa, em representação da Comissão da Mostra, sublinhou alguns dos números que marcam esta edição: 29 vinhos tintos a concurso, em representação de 29 adegas; a estes 29 tintos, somam-se 18 brancos em prova livre pelo público; 11 pavilhões de empresas vitivinícolas da região; 10 pavilhões de produtos regionais; 5 expositores de alfaias agrícolas; várias propostas de enoturismo; milhares de visitantes esperados para desfrutar dos melhores nectares da região, da gastronomia, das paisagens e do programa de animação.
Na ocasião, o Presidente da Câmara  de Palmela, sublinhou a "aposta ganha", feita pelo Município e pelos produtores, há mais de 20 anos, que impulsionou o desenvolvimento do setor na região. "Tradição e família são dois conceitos fortemente associados à produção vitivinícola no concelho, assente nos produtos endógenos e na promoção de valores genuínos", disse Álvaro Amaro. 

CP liga intercidades de Lisboa e Pinhal Novo a Fernando Pó 
O autarca aproveitou o momento para revelar uma novidade: a parceria a formalizar com a CP, que garante a ligação de Lisboa e Pinhal Novo à Mostra, através do Intercidades, e que dará origem, já a partir de Julho, a uma ligação, de caráter turístico, entre Lisboa e Fernando Pó, parte integrante da estratégia delineada no projeto “Centro Rural Vinum”.
Henrique Soares, presidente da Comissão Vitivinícola Regional da Península de Setúbal, está confiante no futuro, com a certificação a manter o ciclo ascendente e o reforço e abertura de mercados para os vinhos da região. A vindima de 2015 trouxe, também, um "enorme alento", aliando "boa quantidade e excelente qualidade". 
Lurdes Atalaia, presidente da Direção da Associação de Viticultores do Concelho de Palmela, realçou a pujança da região, no que respeita à vinha, tendo sido reestruturados mais de 500 hectares nos últimos dois anos, 53 por cento dos quais nas freguesias de Poceirão e Marateca. 
Para o Presidente da União de Freguesias, José Silvério, a evolução da Mostra tem sido enorme e espera que o público aflua e viva os "jardins de vinhas" que marcam a paisagem tanto de Fernando Pó, como as das freguesias rurais do concelho de Palmela.
Os 10 Melhores Vinhos do Ano serão revelados no dia 8 de Maio, depois de selecionados em prova cega pela Câmara de Provadores da Comissão Vitivinícola Regional.
As entradas na Mostra têm o valor simbólico de dois euros na sexta-feira, e um euro ao sábado e ao domingo. A aquisição do copo oficial da Mostra, que custa três euros, dá acesso à prova de todos os vinhos disponíveis.

Pedalada e caminhada pelas terras dos jardins das vinhas 
Nem só de vinho vive o fim de semana proposto pela organização. A 7 de Maio, às 11 da manhã, há uma pedalada “Por Terras de Jardins de Vinhas”, um pedalada com curiosidades sobre a vinha, as castas e o vinho que começa na Casa Ermelinda Freitas.  Para baixar a temperatura, uma pausa para prova com vinhos brancos e rosés Filipe Palhoça, acompanhada pelo contorno da paisagem inconfundível da Serra da Arrábida. Visitas à adega Filipe Palhoça e à Fernão Pó Adega. No final, prova dos vinhos Fernão Pó, acompanhada por uma boa taça de sopa Caramela e uma mesa de queijos e enchidos. Pode ainda visitar a Mostra de Vinhos de Fernando Pó, mesmo ali ao lado, onde é possível conhecer mais produtores destas paisagens agrícolas.
No mesmo dia, de tarde, vai existir uma caminhada com acompanhamento técnico e curiosidades sobre a vinha, as castas e o vinho. Entre a Casa Ermelinda Freitas, a Adega Filipe Palhoça e a Fernão Pó Adega propomos um percurso que alia o prazer da caminhada à degustação de produtos locais e à prova dos belíssimos vinhos da região.
Consulte aqui o programa oficial da 21.ª edição da Mostra de Vinhos

Agência de Notícias

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010