Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Alcochete reivindica mais serviços de saúde

Mais de 3200 cidadãos subscreveram abaixo-assinado por mais serviços de saúde

“Por uma vida melhor, queremos mais serviços de saúde” foi o movimento que entre os meses de Março e Abril sensibilizaram a população para os serviços de saúde existentes no concelho e para a importância de reivindicar mais e melhores cuidados para Alcochete. Mais de 3200 assinaturas, recolhidas em formato de abaixo-assinado, foi o resultado desta primeira fase de sensibilização e informação junto da população local. Para a vereadora com o pelouro do desenvolvimento social e da saúde, Susana Custódio, esta ação, que partiu da câmara de Alcochete mas teve, desde logo, a colaboração ativa das três juntas de freguesia e do movimento e da comissão de utentes de Alcochete e Samouco, teve um balanço “bastante positivo”.
Mais de 3200 pessoas assinaram petição para melhor saúde 

A reabertura das extensões de saúde no Passil e em São Francisco, a colocação de mais médicos e enfermeiros nas unidades de saúde do concelho, a retoma das consultas de especialidade e programas de saúde, a elaboração dos estudos para a construção de um hospital Montijo/Alcochete e o pagamento da construção da extensão de saúde do Samouco são as reivindicações que mereceram a solidariedade dos cidadãos que subscreveram o abaixo-assinado.
Para a vereadora com o pelouro do desenvolvimento social e da saúde, Susana Custódio, esta ação, que partiu da câmara de Alcochete mas teve, desde logo, a colaboração ativa das três juntas de freguesia e do movimento e da comissão de utentes de Alcochete e Samouco, teve um balanço “bastante positivo”. “Na freguesia de São Francisco, onde não existe qualquer resposta nos cuidados primários de saúde desde 2010, com o encerramento total da extensão de saúde naquela freguesia, destaco como muito positivo o empenhamento da população na recolha de assinaturas”, destacou a autarca.
A recolha de assinaturas, que registou também uma forte participação por parte do movimento associativo, ipss’s, restauração e comércio local, contemplou todas as freguesias e se, por um lado, vem reforçar aquela que tem sido a tomada de posição do município de Alcochete em matérias de saúde, é, por outro lado, “um trabalho de avivar e despertar a população” para os seus direitos.
Susana Custódio recordou ainda que foi o encerramento total de mais uma extensão de saúde no lugar do Passil que despoletou este movimento que reúne todas as preocupações do Município em matérias de saúde: “houve o cuidado de integrar todas as questões relacionadas com a saúde, diagnosticando o que eram propostas existentes e as que deixaram de ser garantidas e prestadas, não só no nosso território concelhio, mas todas as respostas de saúde que servem a nossa população e estou a falar da unidade hospitalar Montijo e Alcochete”, adiantou a autarca.
Depois de concluída esta primeira fase do movimento “Por uma vida melhor, queremos mais serviços de saúde”, a câmara de Alcochete vai solicitar a realização de reuniões junto de entidades competentes como o ministério da saúde e a comissão parlamentar da saúde na Assembleia da República.

Agência de Notícias

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010