Dá um Gosto ao ADN

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Cacilheiro 'Trafaria Praia' regressa ao Tejo

O regresso do velho cacilheiro ao Tejo

O cacilheiro "Trafaria Praia", transformado em obra de arte pela artista Joana Vasconcelos, vai regressar esta segunda-feira ao rio Tejo, em Lisboa, para percursos turísticos, revelou à agência Lusa fonte da DouroAzul. De acordo com a mesma fonte, o "Trafaria Praia" vai regressar à capital para uma operação turística combinada de percursos fluviais entre a Ribeira das Naus, no Cais do Sodré, o Terreiro do Paço e Belém, e um percurso de autocarro para ´sightseeing´ entre Belém e Santa Apolónia. Desactivado em 2011, depois de ter transportado 11 milhões de passageiros no Tejo, entre Cacilhas, em Almada e Lisboa, ao longo de 50 anos, o cacilheiro regressará hoje ao Tejo. 
Cacilheiro transformado por Joana Vasconcelos volta ao rio

O cacilheiro, que representou Portugal na Bienal de Arte de Veneza de 2013, foi adquirido pela DouroAzul e realizou cruzeiros no Tejo entre abril e novembro de 2014, parando depois para obras de remodelação no cais.
De acordo com a empresa, o objetivo é fazer a "conjugação entre lazer, conhecimento da zona ribeirinha de Lisboa, e cultura, porque permite a visita a uma obra de arte da autoria de Joana Vasconcelos".
O cacilheiro "Trafaria Praia" - que teve 100 mil visitantes durante os seis meses da Bienal de Arte de Veneza em 2013 - regressou de Itália pelo Mediterrâneo para o estaleiro do Seixal, onde foi alvo de reparações.
A empresa DouroAzul, fundada em 1993, que foi um dos principais mecenas do projeto de Joana Vasconcelos, foi responsável por toda a operacionalização da embarcação, incluindo o transporte do cacilheiro.
Desactivado em 2011, depois de ter transportado 11 milhões de passageiros no Tejo, entre Cacilhas, em Almada e Lisboa, ao longo de 50 anos, o cacilheiro regressará hoje ao rio, para viagens turísticas.
"Depois do Porto e do Douro, onde tem centrado a sua atividade, o grupo Mystic Invest de Mário Ferreira entra em Lisboa, dando uma dimensão nacional e internacional à sua atividade turística, para aproveitar as oportunidades e sinergias que Porto e Lisboa podem propiciar", acrescenta a mesma fonte da DouroAzul.

Agência de Notícias

1 comentários:

Anónimo disse...

Só é pena o 'esquecimento' da Margem Sul e não aproveitar o passeio ao PORTO BRANDÃO e TRAFARIA !!

9 de maio de 2016 às 17:44

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010