Dá um Gosto ao ADN

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Avança Estudo Urbanístico da Quinta do Xarraz em Setúbal

Autarquia quer construir parque urbano florestal

A Câmara de Setúbal aprovou, em reunião pública, o Estudo Urbanístico da Quinta do Xarraz e o respetivo enquadramento no processo de revisão do Plano Diretor Municipal de Setúbal. O território envolvido neste instrumento de orientação da prática urbanística, com uma área de 46,38 hectares, localiza-se na zona norte da cidade, delimitada a poente pela A12, a nascente e a norte pela Estrada de Vale de Mulatas e a sul por um loteamento urbano.

Executivo aprovou Estudo Urbanístico da Quinta do Xarraz 


O Estudo Urbanístico da Quinta do Xarraz, salienta a autarquia, justifica-se, nomeadamente, pela necessidade de promover a integração urbanística do loteamento “Jardins de Santiago”, criando uma oferta adjacente qualificadora e permeável, assente num programa de usos mistos de habitação, comércio, serviços e equipamentos.
A programação de um parque urbano florestal dotado de percursos pedonais e circuitos de manutenção e de zonas de estada, recreio e lazer, com a integração dos maciços arbóreos e arbustivos com maior interesse ecológico e paisagístico, é outro dos objetivos da autarquia sadina.
O instrumento aprovado tem ainda como propósito a definição da rede viária para a área de intervenção de acordo com a estrutura viária definida na revisão do Plano Diretor Municipal de Setúbal e a requalificação da Estrada de Vale de Mulatas, transformando-a num eixo urbano qualificado e de permeabilidade entre os tecidos urbanos adjacentes.
A preservação e valorização da estrutura ecológica local, com particular destaque para as linhas de água e o povoamento de sobro e maciços de maior interesse ecológico paisagístico, está prevista no estudo, que prevê "a execução de diversos equipamentos de utilização coletiva de suporte à população e assegura a criação de um espaço público de qualidade que promove a mobilidade e acessibilidade de peões e utilizadores de bicicletas", diz a Câmara de Setúbal.
A oportunidade de elaboração deste estudo, salienta a autarquia, justifica-se ainda pela previsão de uma nova entrada na cidade de acesso à zona poente com ligação ao Nó de Poçoilos/Sublanço da A2/EN10.

Agência de Notícias

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010