Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 28 de abril de 2016

PSP e PJ detêm homens por agressão no distrito de Setúbal

Semana marcada pela violência contra autoridades no distrito de Setúbal 

A Polícia de Segurança Pública anunciou esta terça-feira a detenção de um homem, de 24 anos, por agressão, injúrias e coação a um agente policial, que ocorreu no Barreiro. A mesma força policial deteve ainda três homens, com idades entre os 23 e os 29 anos, por furto e desmontagem de viatura em terreno baldio, no Seixal. Um dia antes, na Amora, a Polícia Judiciária de Setúbal deteve dois homens e uma mulher suspeitos de um crime de homicídio qualificado, na forma tentada, ocorrido na madrugada de sábado na Amora, concelho do Seixal.  Segundo um comunicado da PJ, os três detidos, com idades compreendidas entre os 26 e os 37 anos, conjuntamente com mais de uma dezena de indivíduos, atacaram violentamente, com socos, pontapés, e também com objetos contundentes, um homem de 47 anos que sabiam pertencer às forças de segurança, no exterior de um bar. Foram a tribunal e já estão todos em liberdade.  

Autoridades com muito trabalho esta semana no distrito de Setúbal 

De acordo com a PSP do Barreiro, "os agentes policiais deslocaram-se a uma ocorrência por haver reclamações devido ao excesso de ruido de música provenientes de uma festa. No local, os agentes da PSP foram abordados pelo suspeito, que se insurgiu contra a presença dos mesmos, proferindo palavras ofensivas contra a honra e dignidade do agente policial, ao mesmo tempo que o coagiu no desempenho das funções policiais, agredindo-o", refere a polícia em comunicado.
Devido ao elevado número de pessoas presentes na festa, a PSP teve necessidade de solicitar reforços policiais para consumar a detenção.
Foram também ontem detidos em Almada, dois indivíduos, um do sexo masculino e outro do sexo feminino, com 28 e 45 anos de idade respetivamente, por injúrias, ameaças e agressão ao agente da PSP.
Os suspeitos, diz a PSP, "entraram na Esquadra aos gritos, dirigindo-se ao agente policial que estava de serviço, chamando-lhe diversos nomes injuriosos e ofensivos da sua honra e dignidade e proferindo várias ameaças, tendo agredido com um empurrão o agente da PSP. Ao empurrar o agente, o suspeito masculino fugiu, tendo sido perseguido e após interceção detido".
Os detidos no interior da Esquadra agrediram-se mutuamente, havendo necessidade de os separar.
Posteriormente apurou-se que "a intenção do casal era ir buscar o irmão da mulher que havia sido conduzido ao Departamento Policial para ser identificado e constituído arguido num outro processo crime", diz fonte da PSP de Almada.
Foram notificados para comparecer perante autoridade judicial para aplicação das medidas de coação.
Também no distrito de Setúbal, no concelho do Seixal, foram detidos três homens, com idades entre os 23 e os 29 anos, por furto e desmontagem de viatura.
Os agentes da Esquadra de Investigação Criminal lograram localizar os suspeitos num terreno baldio, a desmantelar em peças uma viatura automóvel, tendo no imediato intercetado um dos suspeitos", salienta a PSP.
Com o reforço policial, a PSP conseguiu intercetar os outros dois suspeitos que haviam fugido do local.
A viatura automóvel havia sido furtada nesse dia.

Agressores de polícia na Amora já estão em liberdade 
A Polícia Judiciária de Setúbal deteve na segunda-feira dois homens e uma mulher suspeitos de um crime de homicídio qualificado, na forma tentada, ocorrido na madrugada de sábado na Amora, concelho do Seixal.
Segundo um comunicado da PJ, os três detidos, com idades compreendidas entre os 26 e os 37 anos, conjuntamente com mais de uma dezena de indivíduos, atacaram violentamente, com socos, pontapés, e também com objetos contundentes, um homem de 47 anos que sabiam pertencer às forças de segurança, no exterior de um bar, na Amora.
O comunicado da PJ adianta que "um dos detidos foi atingido numa perna por um disparo acidental da vítima".
Os detidos já foram presentes às autoridades judiciárias, tendo-lhes sido decretadas as medidas de coação de apresentações diárias às autoridades e proibição de se ausentarem do país, com entrega dos passaportes.


0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010