Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 22 de abril de 2016

Idoso detido por abusar de duas crianças em Sesimbra

Homem de 86 anos abusava de meninas a troco de comida e um tablet

A Polícia Judiciária de Setúbal anunciou a detenção de um homem, de 86 anos, suspeito de diversos crimes de abuso sexual de crianças agravado, em Sesimbra. Segundo um comunicado da PJ, no ano passado, o arguido,terá abusado de duas crianças de 12 anos, aliciando-as para se deslocarem a sua casa a troco de dinheiro, de um aparelho eletrónico e do pagamento de alimentação. A PJ refere ainda que as vítimas foram sujeitas a diversas práticas sexuais e ameaçadas de represálias, caso divulgassem o sucedido. O arguido foi detido esta semana quando regressou a Portugal e está em prisão preventiva. 
Idoso foi preso depois de ter alegadamente violado duas meninas 


A troco de comida e dinheiro, um homem de 86 anos abusou repetidamente de duas meninas de 12 anos, na casa onde vivia, em Sesimbra. Depois fugiu para o estrangeiro, onde se refugiou na casa de uma filha. Mas voltou terça-feira a Portugal e foi logo preso pela Polícia Judiciária de Setúbal. 
Segundo escreve o jornal Correio da Manhã, os abusos decorreram ao longo de 2015. O homem, que conhecia as vítimas por serem filhas de empregadas domésticas que tinham trabalhado na sua casa, aproveitou as dificuldades financeiras das famílias das meninas para as convencer a manter práticas sexuais. Prometia-lhes comida, algum dinheiro e numa das circunstâncias chegou a oferecer um tablet. 
Os atos sexuais ocorriam na casa do suspeito, na zona de Sesimbra. Para manter o segredo, ameaçava as duas meninas e prometia mais dinheiro. 
Em Setembro do ano passado, uma das vítimas acabou por denunciar o caso à mãe, que apresentou queixa às autoridades. O idoso ficou a saber que estava a ser investigado e chegou a oferecer dinheiro para que a queixa fosse retirada. Depois abandonou Portugal, escondendo-se em casa de uma filha, emigrada no centro da Europa. 
Esta semana regressou e tinha os inspetores da PJ de Setúbal à espera. Foi vigiado desde o momento em que aterrou na Portela e seguido até casa, onde foi detido. O idoso, indiciado por abuso sexual agravado, foi na quarta-feira presente a tribunal e ficou em prisão preventiva.

Agência de Notícias

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010