Dá um Gosto ao ADN

segunda-feira, 14 de março de 2016

GNR recuperou na Moita objetos furtados no Algarve

Fingiram ser turistas para fazerem assaltos

Dois homens recorriam a viaturas de matrícula espanhola, que alugavam no país vizinho, e rumavam ao Algarve para ‘atacar’ carros de turistas, em parques de estacionamento junto às praias ou estabelecimentos de restauração. A dupla de ladrões, de 59 e 63 anos, que reside na Moita, foi identificada e constituída arguida, na quarta-feira, pelo Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Loulé. A operação contou com o apoio de militares do Núcleo de Investigação Criminal do Montijo e Almada.
Militares da GNR apanham dupla de assaltantes na Moita  

Segundo o escreve o jornal Correio da Manhã, os suspeitos faziam-se passar por turistas e estão indiciados por "inúmeros furtos" registados em zonas turísticas dos concelhos de Loulé e Faro. Estavam a ser investigados há vários meses.
Na operação, desencadeada pelo Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Loulé, com o apoio de militares do Núcleo de Investigação Criminal da GNR do Montijo e do Núcleo de Apoio Técnico de Almada, foram efetuadas duas buscas domiciliárias, durante as quais foram recuperadas "18 malas de viagem furtadas, bem como 15 telemóveis, 12 relógios, dois computadores portáteis, dois tablets, dois aparelhos CPS, três máquinas fotográficas e ainda uma pulseira de ouro". 
Ao utilizarem viaturas de matrícula estrangeira nos crimes, os dois homens fingiam ser turistas, de forma a ludibriar os investigadores. Neste momento decorrem diligências com vista a identificar os legítimos proprietários dos objetos recuperados. 

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010