Dá um Gosto ao ADN

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Setúbal apresenta em sessão memórias e património

Memórias da cidade em sessão na Casa da Cultura 

O trabalho do Centro de Memórias, projeto para uma melhor compreensão da história local, desenvolvido pela Câmara de Setúbal com o apoio de voluntários, foi divulgado em sessão realizada no final do mês passado na Casa da Cultura. “Ao Encontro da Memória através do Património”, que está na génese do projeto Centro de Memórias, foi dado a conhecer à população na apresentação pública, conduzida pelos técnicos municipais Bruno Ferro e Maria Miguel.
Praça do Bocage antes de 1910 

A sessão divulgou as linhas orientadoras do Centro de Memórias, dinamizado no Museu do Trabalho Michel Giacometti e, em particular, na vertente de análise e estudo de imagens do Arquivo Fotográfico Américo Ribeiro, instalado na Casa Bocage.
A captação de histórias de vida e a recolha de testemunhos são ações impulsionadas no projeto “Ao Encontro da Memória através do Património”, que conta com a colaboração de três voluntários, concretamente Alexandre Portela, Raúl Gamito Gomes e Rogério Vaz de Carvalho.
A metodologia de trabalho inclui o visionamento de imagens, a identificação de pessoas e de locais, a recolha de memórias, a consulta de jornais e visitas aos locais sobre os eventos fotografados, a par da criação de legendas alargadas que contenham informação adicional à da fotografia.
O Arquivo Fotográfico Américo Ribeiro conta com um total de 14.2540 espécimes fotográficos, entre negativos materializados em vários suportes, provas em papel revelação, diapositivos em acetato de celulose e postais.
A apresentação “Conversas sobre o Centro de Memórias”, na qual participaram perto de três dezenas de pessoas, incluiu testemunhos de voluntários deste projeto municipal, que relataram, na primeira pessoa, a experiência de participar e poder contribuir para o enriquecimento do conhecimento da história local.
A iniciativa foi dinamizada no âmbito das comemorações dos 110 anos do nascimento do fotógrafo setubalense Américo Ribeiro, que inclui as exposições “Dizem que é Américo – Um Fotógrafo, Outras imagens | Novos Olhares” e “Centro de Memórias”, ambas patentes na Casa da Cultura até esta quarta-feira.


0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010