Dá um Gosto ao ADN

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Câmara quer mais cuidados de saúde em Alcochete

Autarquia quer discutir com Montijo a possibilidade de novo hospital 

“Vamos defender intransigentemente os interesses das nossas populações”, afirmou o presidente da autarquia de Alcochete, Luís Franco, na última reunião de Câmara, durante a qual a vereadora com o pelouro da saúde e desenvolvimento social, Susana Custódio, deu conta da depauperação dos cuidados de saúde prestados à população local. Os autarcas de Alcochete querem recuperar uma questão já analisada com a anterior presidente do município do Montijo e que está relacionada com a construção de um novo hospital que servisse mais diretamente as populações dos dois concelhos. Luís Miguel Franco vai solicitar a realização de reuniões junto das entidades competentes para apurar qual a estratégia de atuação para o concelho de Alcochete em matérias de saúde. 
Autarcas preocupados com o serviços de saúde no concelho 

“Apesar de todo o esforço que a câmara municipal tem desenvolvido, os cuidados médicos prestados à nossa população têm vindo a degradar-se, sendo que a situação mais preocupante é a do Passil”, alertou Susana Custódio, que foi informada, antes da realização da sessão da Câmara, que estavam a retirar o equipamento que apetrechava a extensão do centro de saúde existente nesta área rural, um facto totalmente contrário ao que tinha sido acordado entre o município de Alcochete e a coordenação do centro de saúde de Alcochete.
“Tínhamos acordado que no mês de Janeiro seria definida a regularidade das consultas e dos cuidados de enfermagem prestados no Passil. O mês de Janeiro esgotou-se e o facto é que não existiu qualquer tipo de resposta, o que está a causar incómodo e revolta por parte da população que já fez chegar à Câmara Municipal e a outras entidades um abaixo-assinado”, explicou a vereadora.
Neste contexto, o presidente da câmara municipal relembrou o histórico das intervenções do Município em matéria de saúde, assim como a constante disponibilidade do município para colaborar com o ministério da saúde, e com os seus diferentes interlocutores, a fim de assegurar mais serviços e cuidados de saúde no concelho.
Para além dos apoios prestados e das cedências de instalações municipais para que a prestação de cuidados de saúde seja uma realidade nas freguesias do concelho, Luís Miguel Franco recordou que, em Samouco, para além da cedência de um terreno, “o município construiu a extensão de saúde no Samouco e, a então ministra Ana Jorge manifestou vontade em integrar este mesmo equipamento na esfera patrimonial da ARSLVT, e nós disponibilizámo-nos para ceder o terreno e sermos apenas ressarcidos das obras de construção do equipamento, o que acabou por não se concretizar”.

Autarquia quer um novo hospital no Montijo 
Ainda para o autarca, a discussão quanto aos cuidados e serviços de saúde prestados deveria ser alvo de “uma ponderação mais global”, assim como recuperada uma questão já analisada com a anterior presidente do município do Montijo e que está relacionada com a construção de um novo hospital que servisse mais diretamente as populações de Alcochete e do Montijo.
Dando conta que estes dois concelhos foram os que mais cresceram a nível demográfico entre censos, a vereadora Susana Custódio considera igualmente que a falta de recursos e serviços no concelho, a par da falta de respostas no centro hospitalar mais próximo (Barreiro/ Montijo), com a diminuição das consultas de especialidade, dos exames de diagnóstico e de outros cuidados, é uma “desconsideração clara para com a população”.
Perante este cenário, o município de Alcochete vai solicitar a realização de reuniões junto das entidades competentes para apurar qual a estratégia de atuação para o concelho de Alcochete em matérias de saúde, até porque, “estamos perante uma conjuntura política totalmente nova e não podemos pretender que este Governo reverta todas as situações, consideradas menos positivas, neste curto espaço de tempo de atuação”, acrescentou Luís Franco.
No próximo dia 2 de Março, a Câmara Municipal reunirá no Passil, em sessão descentralizada, e pretende auscultar as preocupações da população.

Agência de Notícias

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010