Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Aluno agride professor na sala de aula no Montijo

Docente tirou-lhe o telemóvel e acabou por ser agredido

Um professor de matemática foi agredido a soco, dentro da sala de aula, na Escola Secundária Jorge Peixinho, no Montijo, por um aluno de 17 anos, lê-se no site do Correio da Manhã. De acordo com o mesmo jornal, o professor terá tirado o telemóvel ao aluno durante a aula. Este deu um murro na cara do docente, deixando-o a sangrar. A diretora do estabelecimento disse que a PSP esteve no local e que o aluno está suspenso preventivamente.
Agressão ocorreu na Escola Secundária Jorge Peixinho em Montijo 

Um aluno de 17 anos da Escola Secundária Jorge Peixinho, no Montijo, agrediu na quarta-feira de manhã a soco um professor de matemática dentro da sala de aula. O docente, de meia-idade, terá tirado o telemóvel ao estudante e este respondeu de forma violenta, com um murro na face, que deixou o professor a sangrar. A PSP foi chamada pela direção da escola e o estudante foi alvo de processo disciplinar e está suspenso preventivamente, garantiu a diretora daquele estabelecimento de ensino, Maria João Serra, em declarações ao jornal Correio da Manhã.
"É uma situação muito grave. Foi chamada a PSP e eu própria fiz a queixa", revelou Maria João Serra. "Foi também aberto processo disciplinar ao aluno em causa, que está suspenso preventivamente", acrescentou a diretora da Secundária Jorge Peixinho. 
Segundo revelou fonte do comando distrital da PSP de Setúbal, o docente necessitou de receber tratamento hospitalar e foi levantado auto de ocorrência. As agressões a professores ainda não são consideradas crime público, pelo que a abertura de inquérito depende da apresentação de queixa.








0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010