Dá um Gosto ao ADN

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Setúbal lembra Zeca Afonso e Michel Giacometti

Cidade recorda vida e obra de dois mestres ligados à música 

“Abraço ao Zeca pelos Amigos de Coimbra” é o nome de um tributo a um dos maiores nomes da música portuguesa, que se realiza no sábado, 28 de Novembro, às 21h30, no Fórum Municipal Luísa Todi, em Setúbal.  O espetáculo reúne um conjunto de intérpretes contemporâneos de José Afonso, numa abordagem ao fado de Coimbra e à transição para a balada, géneros que marcaram a primeira fase do percurso artístico do homenageado. Esta noite, a cidade evoca a passagem dos 25 anos sobre a morte do etnólogo francês Michel Giacometti com um evento cultural que inclui música, vídeo e palestra a partir das 21 horas, no Museu do Trabalho. 
Zeca Afonso recordado amanhã no Forum Municipal Luísa Todi

No palco do Fórum Municipal Luísa Todi vão passar diversas personalidades, companheiros e acompanhantes de José Afonso durante o período inicial da carreira, nomeadamente Camacho Vieira, Carlos Carranca, Fernando Rolim, Sutil Roque, Jorge Tuna, Durval Moreirinhas, Octávio Sérgio, Lopes d’Almeida, David Leandro, Levy Baptista e Rui Pato. Participa ainda Francisco Fanhais.
O espetáculo, organizado pela Associação José Afonso, presta um tributo a um dos mais importantes cantautores de língua portuguesa, que a partir da fase coimbrã assumiu um percurso musical marcadamente inovador, a par de um trajeto político de luta pela liberdade em Portugal.
Os bilhetes para o espetáculo “Abraço ao Zeca pelos Amigos de Coimbra” custam 11 euros para a plateia e 8,5 para o balcão.

Setúbal recorda Michel Giacometti
Setúbal evoca a passagem dos 25 anos sobre a morte do etnólogo francês Michel Giacometti com um evento cultural, a realizar, esta sexta-feira, que inclui música, vídeo e palestra.
A homenagem ao homem que desenvolveu um importante trabalho de investigação da música popular portuguesa, nos campos e recantos do País, decorre a partir das 21 horas, no Museu do Trabalho Michel Giacometti, com cante alentejano, projeção de vídeo e intervenção do escritor Modesto Navarro.
A iniciativa, organizada numa parceira da Câmara Municipal de Setúbal com a Associação Conquistas da Revolução, de participação gratuita, evoca a passagem sobre os 25 anos do falecimento de Michel Giacometti, ocorrido a 24 de Novembro de 1990, numa altura em que este já vivia em Portugal há mais de trinta anos.
O etnólogo corso estabeleceu-se em Portugal em 1959, onde recolheu informações etnográficas em mais de seiscentas freguesias. Fez programas de rádio e televisão, editou discos, em parceria com o compositor Fernando Lopes-Graça, e um cancioneiro popular português.
O Museu do Trabalho de Setúbal, fundado em 1987, possui a coleção etnográfica etnográfica recolhida pelos estudantes do Serviço Cívico Estudantil coordenados por Michel Giacometti em 1975.
Instalado na antiga fábrica de conservas Perienes, cujo edifício foi adquirido, em 1991, pela Câmara Municipal, o espaço, após obras de remodelação, reabriu a 18 de Maio de 1995, com o nome de Museu do Trabalho Michel Giacometti, em homenagem ao investigador.


0 comentários:

Enviar um comentário

Festas Pinhal Novo 2016 - 9 Junho

Festas Pinhal Novo 2016 - 8 Junho

Festas Pinhal Novo 2016 - 7 Junho

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010