Dá um Gosto ao ADN

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Setúbal classifica edifício do Banco de Portugal

Edifico histórico da Avenida Luísa Todi é de interesse municipal   

A Câmara Municipal de Setúbal aprovou em reunião pública, a classificação do antigo edifício do Banco de Portugal como Imóvel de Interesse Municipal. A autarquia salienta que o imóvel, onde atualmente funciona uma galeria expositiva, entre outras valências, é um dos “mais emblemáticos no conjunto urbanístico delimitado pela importância da Avenida Luísa Todi” e que contribuiu para que esta se transformasse na “principal artéria sadina”.
Edifício do Banco de Portugal alberga a Galeria Municipal sadina

A “imponência e elegância” do edifício e a forma como, configurando um quarteirão, estruturou e normalizou a zona onde está implantado “foram determinantes também no desenvolvimento de todo o ‘novo’ território urbano que se formou no recém-construído aterro ribeirinho”, refere a proposta.
O edifício assumiu o estatuto de sede do poder financeiro local e a sua construção, concluída em 1928, resulta do desenvolvimento socioeconómico verificado no início do século XX, que conduziu à elevação de Setúbal a capital de distrito em 22 de Dezembro de 1926.
Além das razões históricas, a Câmara de Setúbal justifica a classificação com o valor artístico e arquitetónico do imóvel que alberga atualmente a Galeria Municipal do Banco de Portugal, um edifício, com projeto de Arnaldo Adães Bermudes, que revela “traços de revivalismo” e alia “influências dos estilos manuelino e barroco com elementos decorativos contemporâneos”, o que resulta numa “versão algo simplista do estilo art noveau”.
A proposta de classificação do antigo edifício do Banco de Portugal será sujeita a deliberação da Assembleia Municipal de Setúbal.

0 comentários:

Enviar um comentário

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010