Pesquisar no ADN

A carregar...

Dá um Gosto ao ADN

terça-feira, 26 de Fevereiro de 2013

Camião derruba portagem no Pinhal Novo


Susto e caos na portagem de Pinhal Novo

Um camião-cisterna embateu esta segunda-feira na cobertura das portagens da A12, no Pinhal Novo, provocando a queda de parte da cobertura, não se tendo registado qualquer ferido, informou fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Setúbal.

Camião cisterna destrói portagem 

Parte da cobertura da portagem de Pinhal Novo da A12 ruiu na manhã desta segunda-feira com a passagem de um camião-cisterna que tinha a báscula levantada. O acidente, que ocorreu no sentido Setúbal-Montijo, não provocou feridos por milagre.
O acidente deu-se às 10h45, quando o camião passou por uma das vias da portagem situadas mais à direita. O pesado levava a báscula levantada e embateu na estrutura, provocando o desmoronamento da cobertura de quatro das vias da portagem. A viatura foi a única que ficou sob os destroços. Nuno Sequeira, do gabinete de comunicação da Brisa, a concessionária da A12, confirmou que o condutor do pesado não sofreu ferimentos e que mais nenhuma viatura ficou danificada. E também não se encontrava nenhum trabalhador da empresa nas cabines da portagem que ficaram completamente destruídas.

Causas desconhecidas
Desconhece-se ainda se na origem do acidente terá estado um problema técnico do camião, que na altura da colisão levava a báscula levantada.
No sentido Setúbal-Montijo estão agora a funcionar seis vias, duas delas destinadas à Via Verde, não havendo problemas de circulação. Nuno Sequeira indicou que a Brisa não sabe quando serão removidos a estrutura danificada e o camião. A peritagem para averiguar as causas do acidente e os danos provocados está ainda a decorrer, explicou.
O comandante dos bombeiros de Pinhal Novo, Raul Prazeres, disse que à chegada ao local, o aparato encontrado fazia "temer o pior". "Mas quando chegámos verificámos que não era necessária a intervenção do socorro. Não havia quaisquer vítimas", contou o comandante. De acordo com Raul Prazeres, no local estiveram 19 bombeiros das corporações de Pinhal Novo, Montijo e Palmela, apoiados por cinco viaturas, e elementos da GNR.

Agência de Notícias

0 comentários:

Enviar um comentário

Entrevista a Susana Roldão, directora da Popular FM

Cartão de Visita do Facebook

Anúncios

Se quiser anunciar neste site entra em contato com publicidadeadn@gmail.com
 
ADN-Agência de Notícias | por Templates e Acessórios ©2010